Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Para Guardiola, Barça não é o melhor do mundo até vencer o Mundial

Treinador do Barcelona acredita que clube não pode perder a oportunidade única de sagrar-se campeão

iG São Paulo* |

AP
Guardiola tenta o seu segundo título do Mundial como treinador do Barça
Dono de 12 títulos como técnico do Barcelona, o técnico Pep Guardiola não está satisfeito. Apesar de ser favorito a conquistar o título do Mundial de Clubes da Fifa, o treinador acredita que o Barcelona não pode se considerar superior se não vencer o Mundial de Clubes.

Barcelona já treina para o Mundial de Clubes. Veja as fotos

"É um torneio de prestígio e muito importante. Jogamos para ser a melhor equipe do mundo. Disse aos jogadores que não desperdicem essa oportunidade de jogar o Mundial. Queremos muito ser campeões do mundo. É uma oportunidade que chega poucas vezes", disse o treinador em coletiva de imprensa em Yokohama, no Japão

Leia também: Puyol elogia Neymar e diz que ele pode ganhar uma partida sozinho

Frente à possibilidade de se tornar bicampeão mundial, o catalão ainda pediu concentração aos seus jogadores no duelo contra o Al Sadd, que será disputado na próxima quinta-feira. “Os atletas estão conscientes de que é uma competição dura, que pode oferecer muitas surpresas”, explicou Guardiola.

Leia também: Al Sadd enfrentará Barcelona com 16 titulares, brinca técnico

Outro a participar da coletiva no Japão foi o brasileiro Daniel Alves. Ele lembrou o clássico contra o Real Madrid, afirmou que o Barcelona ganhou porque jogou bem, mas tabém comentou que esse jogo já ficou no passado. O time fez  3 a 1 no rival e o resultado permitiu ao Barça viajar ao Japão como líder do Campeonato Espanhol.

"Temos concentrados todos os focos nesta competição (o Mundial), chegamos até ela à base de trabalho, fazendo as coisas bem", disse Daniel Alves.

A preocupação do Barcelona no momento é adaptar o elenco ao fuso horário e ao país asiático. Guardiola comandou um treino leve nesta segunda para ajudar na adaptação. O Barça entra em campo na quinta-feira, às 8h30 (horário de Brasília) para encarar o Al Sadd na semifinal do torneio. "Tentaremos analisar o rival e ganhar deles", comentou Daniel.

Já Guardiola lembrou que o campeonato é muito duro e que costuma proporcionar surpesas. Jogador do Al-Ahli entre 2003 e 2005, está animado com a possibilidade de enfrentar um time do Catar.

Confira as fotos do desembarque do Barcelona no Japão :

Com Gazeta

Leia tudo sobre: futebol mundialespanhabarcelonamundial de clubessantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG