Clube catalão teve dificuldades no segundo tempo diante do Bayer Leverkusen pela Liga dos Campeões

selo

AP
Guardiola espera que segundo tempo contra o Leverkusen tenha servido como aprendizado
O Barcelona deu um importante passo para conquistar a vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, ao bater o Bayer Leverkusen na última terça-feira, por 3 a 1, fora de casa, na partida de ida das oitavas de final. Mesmo assim, o técnico Pep Guardiola fez críticas à equipe, principalmente pelo futebol apresentado no segundo tempo, quando sofreu uma certa pressão do adversário.

Leia também: Barcelona vence e abre boa vantagem nas oitavas da Liga

"O segundo tempo foi uma lição para a partida de volta. Os alemães têm uma grande virtude, necessitam de meia chance para te criar problemas. Eles têm uma fé indestrutível", declarou o treinador, que admitiu ter gostado mais da apresentação do Barcelona no primeiro tempo. "Fiquei mais tranquilo no segundo tempo, mas gostei mais do primeiro", comentou.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Apesar da ponderação, Guardiola não escondeu a satisfação com o resultado. Com a vitória, o time catalão pode até perder por 2 a 0 no confronto de volta, no Camp Nou, no dia 7 de março, que ficará com a vaga.

E ainda: Guardiola crê que a imprensa ficou mal-acostumada com exibições do Barça

"Marcar três gols fora é muito bom e a gente se comportou como sempre. Demos um passo para chegar ao sorteio das quartas de final", afirmou. "Não posso esperar vir aqui (na Alemanha) e não ceder chances de gol. Também conseguimos muitíssimas chances no segundo tempo", completou.

O discurso do comandante foi repetido por seus jogadores, como o lateral Daniel Alves. "Penso que vamos com uma vantagem importante, mas precisamos confirmá-la em casa. Ganhar sempre te ajuda, te dá outro ânimo e espírito", avaliou o brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.