Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Guardiola diz que Sánchez é prioridade do Barcelona

Clube também está em negociações para contratar o meia Cesc Fabregas, do Arsenal

AE |

selo

O técnico Pep Guardiola revelou que a principal prioridade do Barcelona nesta janela de transferências é reforçar o ataque do time com o chileno Alexis Sánchez . Ele confirmou, porém, que o clube também está em negociações para contratar o meia Cesc Fabregas , do Arsenal .

"Precisamos de um atacante. Temos mais jogadores no meio-campo do que no ataque", disse Guardiola nesta terça-feira na sua primeira entrevista coletiva desde a conquista do título da Liga dos Campeões da Europa em Wembley. "Bojan (Krkic) e Jeffren (Suarez) querem sair, assim o ataque é mais importante".

Enquanto o Barcelona vai manter a base do elenco campeão da última temporada, o Real Madrid vai desafiá-lo com um grupo reforçado por várias contratações feitas nesta janela de transferências. "O número de jogos no calendário é assustador", disse Guardiola, cuja equipe vai disputar Mundial de Clubes além das competições nacionais e europeias nesta temporada.

Guardiola ressaltou que a versatilidade de Sánchez vai de encontro ao sistema ofensivo do Barcelona, que exige constantes trocas de posição entre os atacante para fazer o estilo de jogo de passes curtos funcionar. "É um jovem jogador que pode jogar nas três posições no ataque", disse. "Ele foi a melhor opção para o perfil de jogador que estávamos procurando. Esperamos poder ter a sorte de trazê-lo aqui". Diretor esportivo do Barcelona, Andoni Zubizarreta acrescentou que um acordo com a Udinese, da Itália, por Sánchez está "na reta final".

Guardiola está entrando em sua quarta temporada à frente do gigante catalão, e reafirmou que o clube "irá tentar até o último minuto" contratar Fabregas. "O Arsenal na temporada passada não queria negociar. Este ano, eles aceitaram negociar e estamos trabalhando nisso", disse. "O clube tem o dinheiro para contratá-lo. Vamos tentar até o fim trazê-lo para cá. Há tempo até 31 de agosto".

O ex-jogador do Barcelona que virou treinador insistiu que a chegada de Fabregas não iria criar um impasse no meio-de-campo, que já conta com Xavi Hernandez, Andres Iniesta e o jovem Thiago Alcantara, que recentemente foi campeão pela seleção espanhola do Campeonato Europeu sub 21. "O meio-campo é a nossa base", disse. "Nós nunca podemos ter muitos jogadores. Cesc pode nos ajudar de muitas maneiras".

Zubizarreta disse que Bojan, que não consegue se firmar na equipe titular com Guardiola, está perto de ir para a Roma. "Um acordo será fechado muito em breve", disse.

Depois de uma amistosos da pré-temporada, que inclui uma excursão pelos Estados Unidos, o Barcelona disputa a sua primeira partida oficial em 15 de agosto, no jogo de ida da Supercopa da Espanha, contra o Real Madrid. O clube também tentará conquistar o tetracampeonato espanhol com Guardiola.

Leia tudo sobre: barcelonaespanhafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG