Time de Campinas estava em crise, mas conseguiu a goleada por 4 a 2 em jogo agitado, em Araraquara

O Guarani conseguiu uma virada espetacular e venceu o Criciúma por 4 a 2 nesta terça-feira, na Fonte Luminosa, em Araraquara. Após tomar dois gols antes dos dez minutos de jogo, o time de Campinas foi buscar o resultado e conseguiu os três pontos que aliviaram a crise vivida pela equipe no campeonato.

Grande destaque do Guarani no jogo, o meia Felipe teve papel fundamental ao marcar um dos gols e dar passe para o outro, enquanto o terceiro foi uma verdadeira pintura do volante Dadá. Já o Criciúma lamentou o apagão que teve durante o restante da partida, que afastou a equipe ainda mais do G4.

Guarani comemora um dos gols na partida
AE
Guarani comemora um dos gols na partida
Mesmo com a vitória, o Guarani ainda ocupa a zona de rebaixamento da Série B, ficando na 17ª colocação, com 23 pontos ganhos. Já o Criciúma caiu duas posições e agora é o 10º colocado, com 28 pontos.

O jogo
Com menos de um minuto de jogo o Guarani já sofreu o primeiro gol na partida. Em cobrança de falta pela direita, o atacante Zé Carlos tentou chutar por cima da barreira, mas a bola resvalou na cabeça de Gabriel e enganou o goleiro Emerson, inaugurando o placar aos 50 segundos de jogo.

O gol sofrido logo no início prejudicou o rendimento e a atenção dos defensores do Bugre, que mais uma vez falharam e deram a chance do zagueiro Anderson Conceição aumentar a vantagem aos sete minutos. Após cobrança de falta na direita, a bola foi desviada para Emerson operar um verdadeiro milagre ao tirá-la de dentro do gol. No rebote, Ailson se atrapalhou e deu de graça para Anderson Conceição, que empurrou para as redes e fez o segundo do Tigre.

Perdendo por dois gols de diferença antes dos dez minutos de jogo, o Guarani se lançou ao ataque, e conseguiu diminuir graças a uma boa jogada de Denílson. O atacante avançou em velocidade pela direita e cruzou para dentro da área, onde Felipe estava para acertar um belo chute e marcar o primeiro do Bugre no jogo.

Depois de um início frenético, os times diminuíram o ritmo e se acomodaram na partida. O Criciúma passou a administrar a vantagem obtida, enquanto o Guarani parecia não ter forças para reagir. A partida só voltou a ficar agitada após os 34 minutos, quando o zagueiro Anderson Conceição subiu ao ataque mais uma vez e desviou para o gol, acertando a trave de Emerson.

Em resposta, o Guarani contou com a eficiência de Felipe para empatar o jogo. O meia foi mais uma vez crucial e cobrou escanteio na medida para o zagueiro Aislan cabecear e vencer o goleiro Andrey, aos 36 minutos de jogo. Já aos 42, Felipe fez boa jogada e tocou para Denílson, que chutou de dentro da área e acertou o poste.

Antes do término do primeiro tempo, o técnico Mauro Fernandes teve duas importantes baixas. Fábio Santana e Zé Carlos se machucaram e tiveram que sair de campo, dando lugar a Fabinho Capixaba e Éder.

Com uma segunda etapa morna, onde os times arriscavam sem levar perigo aos goleiros, quem chamou a atenção foi o volante Dadá, que decretou a fantástica virada do Guarani na partida. Aos 16 minutos, o jogador partiu em velocidade do meio-campo, driblou dois defensores do Criciúma e ficou sozinho na frente de Andrey, fuzilando para dentro das redes.

O Criciúma pareceu sentir o gol e falta dos jogadores que saíram lesionados, e não conseguiu se encontrar mais em campo. Completamente dominado pelo Guarani, o Criciúma sucumbiu diante do poder ofensivo do adversário e das belas jogadas do meia Felipe. O apoiador chegou inclusive a acertar uma meia bicicleta, que levou muito perigo à meta defendida por Andrey.

Superior em campo, o time de Campinas ainda viu o lateral esquerdo Pirão levar o segundo cartão amarelo e ser expulso. Com um a menos, a zaga do Criciúma deu muitos espaços, o que permitiu que o Guarani intensificasse suas chegadas ao ataque.

Aos 35 minutos, Rodrigo Paulista cobrou falta na direita e Gabriel subiu sozinho, mas cabeceou para fora. Já aos 39, Dairo arrancou pela esquerda, cortou para dentro e acertou um belo chute, sacramentando a primeira vitória da equipe em Araraquara.

FICHA TÉCNICA
GUARANI X CRICIÚMA

Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 30 de agosto de 2011, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: Clériston Clay Barretos Rios e Victor Oliveira Cruz (ambos de SE)
Cartões Amarelos: Dadá e Gabriel (Guarani); Pirão e Anderson Conceição (Criciúma)
Cartão Vermelho: Pirão (Criciúma)

GOLS: GUARANI: Felipe, aos 9 minutos do primeiro tempo; Aislan, aos 36 minutos do primeiro tempo; Dadá, aos 16 minutos do segundo tempo; Dairo, aos 39 do segundo tempo

CRICIÚMA: Zé Carlos, aos 50 segundos do primeiro tempo; Anderson Conceição, aos sete minutos do primeiro tempo

GUARANI: Emerson; Gabriel, Aislan e Ailson; Bruno Peres, Mika, Dadá, Carlinhos e Felipe (Rodrigo Paulista); Dairo e Denílson
Técnico: Giba

CRICIÚMA: Andrey; Fábio Santana (Fabinho Capixaba), Rogélio, Anderson Conceição e Pirão; Henik, Baraka, Pedro Carmona e Aloísio; Zé Carlos (Éder) (Breitner) e Schwenck
Técnico: Mauro Fernandes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.