Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Guarani perde do Salgueiro em casa e se complica na Série B

Equipe paulista está na zona de rebaixamento, enquanto os pernambucanos seguem na penúltima colocação

Gazeta |

O Guarani mais uma vez decepcionou sua torcida e foi derrotado pelo Salgueiro por 1 a 0, na Fonte Luminosa, em Araraquara. Com a derrota, o time de Campinas se complicou ainda mais na competição, permanecendo na zona de rebaixamento.

Apesar dos times criarem muitas chances, o Guarani teve certa superioridade no jogo, exigindo muito do goleiro Romero. Entretanto, o relaxamento da equipe ao fazer o primeiro gol fez com que o Salgueiro aproveitasse as falhas defensivas e virasse o jogo no segundo tempo.

Com isso, a equipe paulista passou a ocupar a 17ª colocação da Série B, com 20 pontos ganhos. Enquanto isso, o Salgueiro conseguiu voltar a vencer e, apesar de estar no 19º lugar, com 16 pontos, terá maior tranquilidade para focar no restante da competição .

O jogo
A partida foi marcada pela grande quantidade de chances criadas pelas duas equipes. Pressionados em buscar o resultado positivo, os dois times se lançaram ao ataque desde o início do jogo, o que deixou muitos espaços nas duas defesas e possibilitou as investidas ofensivas de ambos os lados.

Um lance polêmico logo aos três minutos de jogo mostrou como seria a partida entre Guarani e Salgueiro. O atacante Fernandão invadiu a área e tentou driblar o goleiro Romero, que foi nos seus pés e o derrubou. Apesar da reclamação de todo elenco campineiro, o juiz ignorou o lance e não marcou pênalti.

A resposta do time pernambucano veio quatro minutos depois em um lance inacreditável do zagueiro do Guarani. Após cobrança de escanteio do Salgueiro, Ewerton subiu mais alto que todos e cabeceou contra o próprio gol, acertando a trave do goleiro Emerson.

AE
De virada, o Salgueiro derrotou o Guarani

A partida seguiu muito movimentada até que o Salgueiro assustou novamente aos 32 minutos. O lateral Piauí acertou um lindo chute de fora da área, que parou novamente na trave da meta defendida por Emerson.

Sem se intimidar com a boa oportunidade criada pelo Carcará, o Bugre se manteve superior e proporcionou o lance mais incrível da partida. O atacante Fernandão foi acionado dentro da área e cabeceou firme para uma brilhante defesa de Romero à queima roupa.

Na segunda etapa, o ataque das equipes foi mais eficiente, movimentando o placar. Mais uma vez Fernandão apareceu na área após a cobrança de escanteio e cabeceou no canto de Romero. O goleiro chegou a dar um tapa na bola mas não conseguiu evitar que ela entrasse no gol.

Acomodado na partida, o Guarani deixou de atacar, permitindo que o Salgueiro aproveitasse o relaxamento do Bugre para virar o jogo. Aos 15 minutos, Piauí cobrou falta do lado direito e enganou o goleiro Emerson, que estava adiantado e não conseguiu realizar a defesa.

Logo em seguida, aos 16 minutos, Élvis avançou pelo lado direito e cruzou dentro da área. Fabrício Ceará teve tranquilidade para dominar a bola no peito e chutar no canto do gol para marcar o segundo do Carcará e colocar o time à frente no placar.

Com as alterações de Giba comprometendo muito a atuação do Guarani no restante do jogo, a equipe campineira teve seu poder de reação totalmente anulado pelo Salgueiro. Sem a referência do atacante Fernandão dentro da área, o time não conseguia criar mais jogadas ofensivas, sucumbindo diante da retranca imposta pelo Carcará.

FICHA TÉCNICA
GUARANI-SP 1 X 2 SALGUEIRO-PE

Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 20 de agosto de 2011 (sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: César Augusto de Oliveira Vaz (DF) e Adnilson da Costa Pinheiros (MS)
Cartão Amarelo: Dadá (Guarani); Edmar, Pio e Romero (Salgueiro)

Gols:
GUARANI: Emerson, aos seis minutos do segundo tempo
SALGUEIRO: Piauí, aos 15 minutos do segundo tempo; e Fabrício Ceará, aos 16 minutos do segundo tempo

GUARANI: Emerson; Bruno Peres, Gabriel, Ewerton e Jhonnathans (Lusmar); Lucas, Dadá, Ancelmo (Assisinho) e Felipe; Fernandão (Jéfferson Luis) e Denílson. Técnico: Giba

SALGUEIRO: Romero; Rogério Serra (Mateus Silva), Alex Xavier, Gustavo e Piauí; Josa, Pio, Élvis (Ricardinho) e Renê; Fabrício Cearense e Edmar (Paulo Santos). Técnico: Maurício Simões

Leia tudo sobre: GuaraniSalgueiro-PESérie B 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG