Igualdade por 2 a 2 em Campinas favoreceu a equipe cearense depois do empate por 1 a 1 no jogo de ida

O Guarani esteve próximo de confirmar sua classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira, mas falhou. Depois de empatar por 1 a 1 com o Horizonte no jogo de ida, o time campineiro foi eliminado ao empatar por 2 a 2, em pleno Brinco de Ouro.

O adversário da equipe cearense na próxima fase do torneio mata-mata será o Flamengo , que despachou o Fortaleza ao vencer o primeiro confronto por 3 a 0 e voltará a enfrentar uma equipe do Estado. A tabela de jogos das oitavas de final ainda não foi desmembrada pela CBF - as datas possíveis são 13, 20 e 27 de abril.

Com mais possibilidades de gol no primeiro tempo, o Guarani foi abrir o placar aos 42 minutos. Márcio Guerreiro recebeu bola perto da marca do pênalti e, de perna esquerda, tocou para a rede. O Horizonte buscou o empate aos quatro da segunda etapa, com gol de Diego Palhinha.

A igualdade levaria a decisão da vaga às cobranças de pênalti, mas Diego Palhinha - que havia entrado no segundo tempo - engatou um contragolpe mortal aos 38 minutos, passou pelo marcador na entrada da área e chutou na saída do goleiro para decretar a virada.

Restando poucos minutos para o final da partida, o Guarani ainda tentou reagir e surpreender. Aos 46 minutos, na base da vontade, Dairo fez o segundo gol da equipe da casa e alimentou as esperanças da torcida bugrina, mas foi só o que conseguiu até o último apito do árbitro.

O resultado negativo do Guarani, que agora terá pela frente neste ano apenas a disputa da Série A2 do Campeonato Paulista e da Série B do Brasileiro, acontece a dois dias de seu centenário. No dia 2 de abril, o clube completa 100 anos de fundação sem motivos para comemorar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.