Punido pelos incidentes ocorridos no clássico do dia 16 de julho, contra a Ponte Preta, time de Campinas perdeu dez mandos de campo

O duelo entre Guarani e São Caetano, marcado para as 21h (de Brasília) desta terça-feira, em Campinas, além de ser válido pela 15ª rodada da Série B, também será uma espécie de despedida do Estádio Brinco de Ouro. Punido pelos incidentes ocorridos no clássico do dia 16 de julho, contra a Ponte Preta, quando torcedores colocaram fogo em banheiros do Moisés Lucarelli, o Bugre perdeu dez mandos de campo na competição.

Com a punição, que passa a valer somente na 17ª rodada, no duelo com o Paraná, o Guarani só poderá voltar a atuar no Brinco de Ouro em 8 de novembro, na partida contra o Icasa. Até lá, o clube deve mandar seus jogos na Fonte Luminosa, em Araraquara.

O Bugre quer, então, aproveitar o confronto em casa para embalar na competição e deixar a parte de baixo da tabela. O time soma apenas 15 pontos e é o 17º colocado, mas tem esboçado uma reação nas últimas rodadas, ao golear o Duque de Caxias e vencer o Grêmio-SP fora.

Para buscar a terceira vitória consecutiva, o técnico Giba terá a volta do volante Lucas, que cumpriu suspensão e deve iniciar a partida no lugar de Leandro Carvalho. Dadá pode ser deslocado para a lateral esquerda, enquanto o atacante Fernandão fará dupla com Fabinho.

Do outro lado, a situação também é delicada. O São Caetano não vence há três jogos e, com 16 pontos, na 16ª posição, é o primeiro clube fora da zona de rebaixamento. E um tropeço nesta terça-feira deixará a equipe entre os quatro últimos da tabela.

O técnico Vadão não terá Augusto Recife e Léo Mineiro, expulsos diante do Paraná. Em compensação, o volante Souza e o goleiro Luiz cumpriram suspensão e retornam ao time titular. Giovanni também volta, mas deve ser apenas opção no banco de reservas.

FICHA TÉCNICA
GUARANI X SÃO CAETANO

Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Data: 2 de agosto de 2011, terça-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes: Fabrício Porfirio de Moura e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP)

GUARANI: Emerson; Bruno Peres, Gabriel, Ailson, Dadá; Lucas, Lusmar, Mika e Felipe; Fabinho e Fernandão
Técnico: Giba

SÃO CAETANO: Luiz; Artur, Domingos, Eli Sabiá e Diego; Souza, Ricardo Conceição, Luciano Mandi e Ailton; Antônio Flávio e Nunes
Técnico: Vadão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.