Em Araraquara, o ameaçado time de Campinas não consegue superar paranaenses, que seguem entre os líderes

Cerca de 600 torcedores que foram à Fonte Luminosa, em Araraquara, viram nesta terça-feira o empate por 1 a 1 entre Guarani e Paraná Clube , pela Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os paulistas continuam ameaçados pelo fantasma do rebaixamento, com 20 pontos, enquanto o Tricolor paranaense, com 28 pontos, vai mantendo sua posição no G4, arrancando um ponto importante fora de casa.

O Guarani está mandando seus jogos na cidade de Araraquara por conta da punição imposta após a confusão entre sua torcida e a da Ponte Preta no dérbi de Campinas.

Depois de um primeiro tempo sem gols, o Guarani retornou melhor do intervalo e, aos 19 minutos, abriu o placar com Denílson, que acertou uma bomba de fora da área, no ângulo, sem chances para o goleiro Zé Carlos. O empate veio aos 32 minutos, com Giancarlo, que aproveitou cruzamento de Gleidson para desviar para as redes.

Na próxima rodada, o Guarani volta a campo no sábado, quando recebe o Salgueiro, novamente na Fonte Luminosa, em Araraquara. Já o Paraná Clube tem pela frente o Sport Recife, no mesmo dia, na Vila Capanema, em Curitiba.

O jogo
O Paraná tentou mostrar o cartão de visitas logo no primeiro minuto, com um arremate de longe de Everton Garroni, pela linha de fundo. Na resposta, Fernandão foi lançado e tentou o toque por cobertura e Zé Carlos se recuperou bem para fazer grande defesa. O Guarani começou a dominar a partida e pressionar. Aos 10 minutos, Felipe deixou a defesa para trás e, de frente para o gol, conseguiu chutar para fora.

O Paraná acordou e quase abriu o placar com um lance plasticamente bonito. Giancarlo tocou de letra dentro da área, aos 12 minutos, e a bola saiu pela linha de fundo. Aos 17 minutos, Wellington cobrou falta, Éverton Garroni testou firme no meio do caminho, à esquerda da meta, com perigo. O Tricolor mudou os rumos do jogo e passou a ter o domínio. Aos 21 minutos, Serginho recebeu com liberdade, mas demorou a arrematar, permitindo a recuperação da defesa.

A partida era boa em Araraquara, com muita movimentação. Aos 28 minutos, o goleiro Zé Carlos cobrou falta e carimbou a barreia bugrina. O Guarani voltou a aparecer aos 32 minutos, com uma bomba de Bruno Perez que explodiu na trave. Felipe também arriscou de longe, aos 35 minutos, sem sucesso. Antes do intervalo, o Tricolor ainda criou uma chance com Luciano Castán, que desviou de cabeça com liberdade. O assistente, no entanto, anotou impedimento.

Na segunda etapa, nenhuma modificação nas equipes. O ritmo caiu um pouco, com a equipe da casa ligeiramente superior. Aos seis minutos, Felipe fez a jogada individual, entrou na área e foi desarmado na hora certa pela defesa paranista. Aos nove minutos, boa toca de passes até a bola chegar em Ancelmo, que arrematou para defesa em dois tempos de Zé Carlos.

Entre para a Torcida Virtual do Guarani ou do Paraná e convide seus amigos

Os dois treinadores começaram a modificar as equipes, buscando o gol da vitória. Aos 17 minutos, boa descida do Paraná com um chute de Giancarlo, para fora. Mas, no ataque seguinte, o Bugre abriu o placar. Denílson, que havia acabado de entrar, acertou um petardo no ângulo para tirar o zero do marcador. O Tricolor quase devolveu, aos 23 minutos, com Wellington, que viu seu chute passar raspando a trave.

O jogo ficou aberto na Fonte Luminosa. Aos 30 minutos, Junior Urso bateu de longe, Émerson deu rebote e Giancarlo não alcançou a bola para aproveitar o rebote. O técnico Roberto Fonseca colocou seu time no ataque e deu resultado. Aos 32 minutos, Giancarlo aproveitou cruzamento do estreante Gleidson e desviou para o fundo das redes. Aos 35 minutos, Felipe bateu com liberdade total na área e Zé Carlos fez milagre. O time da casa tentou uma última pressão, como no chute de Anselmo, aos 43 minutos, mas não deu para bsucar o resultado positivo.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 1 X 1 PARANÁ CLUBE

Local: Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 16 de agosto de 2011, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Diego Pombo Lopez
Auxiliares : Adailton Jose de Jesus Silva e Raimundo Carneiro de Oliveira
Cartões amarelos: Lucas (Guarani); Giancarlo (Paraná)

GOLS:
GUARANI: Denílson, aos 19 minutos do segundo tempo
PARANÁ: Giancarlo, aos 32 minutos do segundo tempo

GUARANI: Emerson, Bruno Peres, Aislan, Ewerton e Jhonnatans; Lucas, Dadá, Ancelmo e Felipe (Jéfferson); Fábio Souza (Assiszinho) e Fernandão (Denílson)
Técnico : Giba Maniaes.

PARANÁ CLUBE : Zé Carlos; Brinner (Lisa), Luciano Castán, Cris e Gleidson; Junior Urso, Everton Garroni, Serginho (Jefferson Maranhão) e Welington (Ricardinho); Borebi e Giancarlo
Técnico : Roberto Fonseca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.