Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Guarani e Atlético-MG duelam para fugir do rebaixamento

Confronto direto vale permanência entre os quatro últimos nesta reta final do Campeonato Brasileiro

Gazeta Esportiva |

O Atlético-MG visita o Guarani nesta quarta-feira para um dos duelos mais importantes nesta 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, pelo menos em relação à zona de rebaixamento. Os dois times entram em campo às 19h30 (horário de Brasília), no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

O Atlético é quem entra em campo na situação mais complicada na tabela. O time tem apenas 34 pontos somados nos 32 jogos do Campeonato Brasileiro. Com isto, a equipe do técnico Dorival Júnior é a primeira dentro da zona de rebaixamento do Brasileirão, mesmo vivendo um momento de ascensão na competição.

Para esta partida, o comandante da equipe mineira terá o retorno do zagueiro Werley, que estava suspenso para o confronto diante do Botafogo. Desta forma, o zagueiro Lima deve retomar ao banco de reservas. Zé Luís, outro que cumpriu suspensão, também volta ao time, no lugar de Renan Oliveira.

Em compensação, o volante Serginho recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Fogão e fica fora da partida. Para o seu lugar, Dorival Júnior deve escalar o meio-campista equatoriano Edison Méndez.

Para o zagueiro Werley, a partida é de extrema importância. "É a mesma situação do jogo contra o Atlético-GO. Se vencermos, podemos jogar o Guarani para a zona de rebaixamento e abrir dois pontos. Temos tudo para sair dessa situação e vamos buscar a vitória", garantiu.

Pelo lado do Guarani, a situação na tabela é mais tranquila, entretanto, o ambiente do clube é muito mais complicado que o do Atlético, já que os campineiros não têm jogado bem e estão em queda livre no Brasileirão. A equipe é a primeira fora da zona do descenso, com apenas um ponto de vantagem sobre o Galo.

O Guarani vem de sete partidas sem vitórias, tendo conquistado dois empates e cinco derrotas, fazendo a equipe colar na zona do rebaixamento. Por isso, a torcida pichou os muros do clube, protestando contra a situação. Para mudar a situação, o técnico Vagner Mancini quer o apoio dos torcedores.

"Nesse momento, a gente pede o apoio do torcedor, independente de como estiver o jogo. Se a partida terminar com um resultado ruim, a torcida tem todo o direito de vaiar, mas durante o jogo precisamos de ajuda. O torcedor é o 12º jogador, a nossa força extra", requisitou o treinador.

Para o duelo, entretanto, o treinador não irá contar com um de seus principais jogadores, o meia Mazola, que ainda se recupera de uma lesão muscular na coxa.

FICHA TÉCNICA
GUARANI x ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: 3 de novembro de 2010, terça-feira
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Cláudio Mercadante (PE)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Jossemmar José Diniz Moutinho (PE)

GUARANI: Emerson; Rodrigo Heffner, Aislan, Ailson e Marcio Careca; Renan, Paulo Roberto, Maycon e Vitor Junior; Moreno e Reinaldo
Técnico: Vagner Mancini

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro, Rafael Cruz, Réver, Werley e Leandro; Ale, Zé Luís, Edison Méndez e Diego Souza; Diego Tardelli e Obina
Técnico: Dorival Junior

Leia tudo sobre: atlético-mgfutebolguarani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG