Sete jogadores que já foram chamados com frequência pelo técnico passaram a ficar de fora das convocações recentemente

Getty Images
André Santos virou o símbolo de um jogador rejeitado por Mano na seleção brasileira
Mano Menezes costuma dizer que as portas da seleção brasileira estão abertas para qualquer jogador. Mas na prática ele também tem mostrado que às vezes elas se fecham. Em pouco mais de um ano de trabalho, ele já convocou mais de setenta jogadores e parece ter reprovado alguns deles. Afinal, há uma lista de sete atletas que estão em baixa com o treinador e não têm aparecido nas convocações, apesar de terem acumulado uma quantidade razoável de convocações durante a era Mano.

Veja também: seleção brasileira enfrenta a Argentina nesta quarta-feira

Os casos mais emblemáticos são de Ramires e André Santos. Antes titulares da seleção, eles foram convocados pela última vez para o jogo contra a Alemanha . Depois, Mano já divulgou duas listas nas quais eles poderiam estar, mas ambos ficaram de fora.

A situação do lateral do Arsenal é ainda mais grave, já que ele falhou nesse jogo contra os germânicos, "forçando" Mano a convocar Marcelo, do Real Madrid . "A ausência dele (André Santos) é tão importante como a presença. Ele foi convocado por todo esse período, mas agora a minha expectativa é sobre o Marcelo e o Adriano", disse Mano, na primeira vez que abdicou de André Santos.

Mas nem todas exclusões promovidas por Mano foram tão claras quanto essa. Motivos diferentes, desde idade elevada até aumento da concorrência, fizeram com que o técnico parasse de convocar alguns atletas. Há até um caso em que ele mal explicou o motivo. Veja quem são os jogadores rejeitados por Mano e entenda a situação de cada um:

André Santos ( Arsenal -ING)

O lateral-esquerdo ex- Corinthians já tinha sido testado e reprovado na era Dunga, já que Michel Bastos e Gilberto foram os jogadores levados para a Copa do Mundo de 2010. Mesmo assim, Mano resolveu insistir com André Santos, que virou titular da seleção até na Copa América de 2011 .

E foi na competição realizada na Argentina que começou o processo de desgaste de André Santos na seleção. Ele errou um dos pênaltis decisivos na eliminação diante do Paraguai e foi criticado. Logo depois, em amistoso contra a Alemanha, voltou a falhar, dessa vez em uma saída de bola que virou o gol da vitória germânica.

Foi o que bastou para que o jogador do Arsenal fosse reprovado de vez por Mano. Agora Marcelo, do Real Madrid, tenta se firmar como novo dono da lateral-esquerda, e Adriano, do Barcelona , é o reserva.

Ramires ( Chelsea -ING)

Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
Getty Images
Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?

Ao contrário do caso de André Santos, não há um motivo claro para que Ramires tenha sido rejeitado por Mano. Ele ficou de fora das últimas duas convocações da seleção principal e menifestou sua surpresa em uma das oportunidades.

"Como participei da Copa do Mundo e estive em todas as convocações do Mano Menezes, confesso que esperava ser chamado para este jogo contra Gana. Respeito a decisão e vou continuar trabalhando forte no Chelsea para voltar a ser chamado numa próxima ocasião", declarou o volante.

E de fato ele se dedicou bem no seu time. No último final de semana, por exemplo, fez dois gols na vitória do Chelsea contra o Swansea . Porém, é difícil saber se isso basta para compensar o que ele fez de errado para ser rejeitado por Mano.

Victor ( Grêmio )

Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
Getty Images
Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
Ele é o segundo goleiro mais convocado na era Mano Menezes até agora, atrás apenas de Jéferson, do Botafogo , mas deve perder esse posto em breve. Isso porque a recente má fase do gremista tem o tirado das convocações de Mano.

O último chamado que ele recebeu foi apenas porque Fábio, do Cruzeiro , foi cortado por lesão. E essa convocação era apenas para jogadores que atuam no Brasil. Ou seja, atualmente Victor está atrás do titular Júlio César, da Internazionale-ITA , do sempre convocado Jéferson e do ídolo cruzeirense.

Victor chegou a ser titular nos primeiros jogos do Brasil, quando Júlio César nem era convocado por Mano. Mas agora ele parece ter sido rejeitado e terá que superar bons goleiros para voltar a ser convocado.

André ( Atlético-MG )

Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
Getty Images
Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
A má fase de André nunca foi levada muito em consideração por Mano Menezes. Afinal, ele foi constantemente convocado quando estava no Dínamo de Kiev-UCR e no Bordeaux-FRA, times nos quais nunca chegou a ser titular. Mano costumava lembrar que o centroavante tem idade olímpica e por isso era convocado, para ser observado e preparado para Londres 2012.

Mas essas observações fizeram Mano rejeitar o atacante, que foi para o Atlético-MG com a intenção de voltar a vestir a amarelinha. "O pensamento é voltar a jogar em alto nível aqui no Atlético, voltar para a seleção e colocar o Atlético lá em cima", declarou André, ao ser apresentado no time mineiro, que atualmente está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro .

Sem impressionar desde que voltou ao Brasil, André corre o risco até de perder sua vaga nas Olimpíadas , que parecia garantida. Isso porque Leandro Damião, do Internacional , e Kléber, do Porto-POR , são outros centroavantes com idade olímpica que têm ganhado espaço.

Jádson (Shakthar Donetsk-UCR)

Quando Jádson aparentava viver seu melhor momento na seleção, ele saiu das listas de Mano. Afinal, o meia foi para a Copa América, chegou a virar titular e fazer um gol, mas depois foi rejeitado.

Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
Getty Images
Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?

Durante a competição na Argentina, porém, Mano chegou a definir Jádson como o "armador que a equipe precisava". Depois dela, porém, o meia nunca mais foi convocado, sendo que ele poderia estar em até três listas divulgadas por Mano.

Atualmente Hernanes, da Lazio, e Oscar, do Internacional, parecem ser as novas apostas para que Mano consiga um novo armador para seleção, já que Paulo Henrique Ganso, seu plano A, tem sofrido com constantes lesões.

Luisão ( Benfica -POR)

Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
Getty Images
Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
O ciclo do zagueiro, que já disputou duas Copas do Mundo, parece ter chegado ao fim na seleção. E a sua despedida foi como reserva do time na Copa América. Depois do fracasso na Argentina, Mano passou a apostar em Dedé, do Vasco .

"Dedé é um jogador muito profissional e que tem mostrado pontos positivos", empolgou-se Mano Menezes ao falar sobre seu novo zagueiro reserva.

A idade é o que mais atrapalha Luisão na tentativa de continuar nos planos da seleção brasileira. Ele já tem 30 anos e são poucos os jogadores convocados por Mano com essa faixa etária. Na Copa de 2014 ele terá 33 anos.

Lúcio ( Internazionale -ITA)

Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
Getty Images
Lúcio como capitão da seleção. Nunca mais?
Ainda é preciso cautela para decretar que Lúcio foi rejeitado por Mano Menezes. Afinal, o jogador da Internazionale era capitão da seleção brasileira até o jogo contra a Gana . Porém, para as próximos dois jogos, contra Costa Rica e México, Mano sequer convocou o jogador, chamou Réver em seu lugar e disse que pretende voltar a escalar David Luiz como titular.

"Tivemos um início com ele (David Luiz) bastante promissor, fazendo dupla com o Thiago Silva. Na minha maneira de ver, eu não vou trazer Lúcio para não jogar", explicou o técnico, mostrando que as portas não estão fechadas para o ex-capitão, mas a mudança pode ser definitiva caso a defesa melhore sem ele.

Assim como no caso de Luisão, a idade pesa contra Lúcio, até em uma escala maior. O jogador da Inter de Milão tem 33 anos atualmente e terá 36 na Copa de 2014.

A seleção brasileira joga nesta quarta-feira, contra a Argentina , mas com um time formado apenas por jogadores que atuam no Brasil. Depois, com a equipe completa, vai enfrentar amistoso contra Costa Rica e México, nos dias 7 e 11 de outubro, respectivamente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.