Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio vence León e assume liderança na Libertadores

Com 2 a 0, gols de André Lima e Borges, equipe de Renato Gaúcho é o primeiro do Grupo 2

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Não foi uma grande atuação. Porém, o Grêmio fez o mais importante na noite desta quinta-feira: ganhou o jogo. A vitória de 2 a 0 sobre o León recuperou o time de Renato Gaúcho, o devolveu à liderança do Grupo 2 e encaminhou a classificação às oitavas de final da Libertadores.

Agora, o time gaúcho terá três dias de folga até reapresentar-se na segunda-feira para começar a preparação à final do primeiro turno do Gauchão, dia 9, contra o Caxias. Só no dia 15, contra o mesmo León, no Peru, volta a disputar o torneio sul-americano.

O jogo
Foi um primeiro tempo típico de Libertadores. O Léon abusou do antijogo: faltas, cera e provocações. Ao aceitar esta proposta, o Grêmio tornou a partida fraca. Mas por qual razão?

A equipe de Renato Gaúcho foi lenta. Com quatro jogadores postados na defesa e outros quatro no meio, o time peruano povoou o campo defensivo. Sem infiltração, o Grêmio não superou a marcação. Borges e André Lima, os dois centroavantes, também tinham dificuldades de movimentação.

Getty Images
André Lima comemora seu gol na vitória do Grêmio

Então, a tática gremista de trocar passes laterais não deu certo. Menos mal que o León desperdiçou a úncia chance criada. Aos 12 minutos, Orejuela surgiu livre na área e Victor fez boa defesa. Mas o Grêmio não criava nada. Então, a bola parada, uma das principais jogadas, resolveu. Douglas bateu falta lateral, aos 41, e André Lima desviou de cabeça: 1 a 0. Um baita lucro de um primeiro tempo fraco.

Renato não mudou substituiu, porém, mudou o posicionamento de dois jogadores no intervalo. Adilson foi para a esquerda, Carlos Alberto, direita. Com a inversão, Gabriel entrou no jogo. Deu certo.

Carlos Alberto sofreu falta na intermediária do lado direito. Douglas bateu, Araujo derrubou André Lima na área e o juiz marco pênalti. Borges cobrou com perfeição: 2 a 0, aos nove minutos.

Com a desvantagem no placar, o time peruano tentou atacar. Esbarrou na pouca qualidade. A melhor chance foi em jogada de bola parada. Após cruzamento para a área, Rodriguez cabeceou e obrigou Victor a fazer grande defesa.

O Grêmio continuou atacando. André Lima e Borges fizeram grande tabela. O goleiro Flores interceptou cruzamento. Em outro lance, após cruzamento de Gilson, André Lima perdeu gol sem goleiro dentro da pequena área. A partir daí, administrou a vantagem e não teve problemas para ganhar o jogo.

FICHA TÉCNICA - GRÊMIO 2 X 0 LEÓN

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 3 de março de 2011, quinta-feira
Horário: 20h15min (de Brasília)
Árbitro: Enrique Osses (Chile)
Auxiliares: Patricio Basualto e Sergio Román (Chile)
Renda: R$ 612.469,00
Público: 28.605 (25.864 pagantes)

Cartões amarelos: Fábio Rochemback, Gabriel (Grêmio) e Ferrari, Zegarra, Araujo (León).

GOLS:

Grêmio: André Lima, aos 41 minutos do primeiro tempo. Borges, aos nove minutos do segundo tempo

GRÊMIO: Victor; Gabriel, Rafael Marques, Rodolfo (Mário) e Gilson; Fábio Rochemback, Adilson, Carlos Alberto (Bruno Collaço) e Douglas; André Lima (Escudero) e Borges.
Técnico: Renato Gaúcho.

LEÓN: Flores; Espinoza, Araujo, Cardoza e Soares; Ferrari (Cevasco), Zegarra, Céspedes e Elías (Otalvaro); Orejuela y Gonzales Vigil (Rodriguez).
Técnico: Franco Navarro.

Leia tudo sobre: grêmiocopa libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG