Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio vence fácil, mantém sonho de G5 e afunda Cruzeiro

Com gols de Rafael Marques e Escudero, time gaúcho superou rival por 2 a 0 na estreia de Mancini

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

nullFoi com a precisão de um relógio suíço que o Grêmio venceu o Cruzeiro por 2 a 0, neste domingo, no Olímpico. Com um gol em cada tempo, porém, sempre aos quatro minutos, o time gaúcho amarrou o rival: conquistou uma vitória tranquila que mantém o sonho de se classificar à Libertadores e afundou o mineiro nas últimas posições do Brasileirão.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Twitter iG Cruzeiro: Notícias e comentários em tempo real

Veja a classificação e os próximos jogos do Brasileirão

Basta analisar a tabela. Com 36 pontos, o Grêmio ganhou uma posição e subiu para o 12º lugar. A distância para o Fluminense, o último integrante do G5, permaneceu em oito pontos, mas pode cair na quarta-feira quando enfrenta o Santos, novamente em Porto Alegre, em jogo atrasado da 11ª rodada.

Será o mesmo dia que o Cruzeiro, em partida antecipada, recebe o São Paulo, em Sete Lagoas, com a pressão de não ganhar há oito partidas, continuar em 16º e estar apenas dois pontos à frente da zona de rebaixamento. Vágner Mancini, o estreante do dia, terá trabalho.

O jogo

Mesmo com a vitória, o Grêmio continuou com problemas no ataque. Nem a entrada de Brandão na vaga do lesionado André Lima (sentiu dores no joelho no treino de sábado) amenizou as dificuldades. Os atacantes não marcam há cinco jogos e protagonizam o 19º pior desempenho do campeonato.

Rafael Marques e Escudero, nesta lógica, resolveram a parada. Um em cada tempo. E aos quatro minutos.

Depois de ser afastado duas vezes do grupo na temporada, o zagueiro só não se transferiu para o Sport pois houve desacerto salarial. Virou titular com a lesão de Saimon há três jogos e, neste domingo, corou a volta por cima com gol. Ele aproveitou rebote de cabeçada de Brandão. Foi o seu oitavo na temporada.

O gol no começo facilitou o jogo para o Grêmio e evidenciou as carências do Cruzeiro. É o time menos qualificado dos últimos dez anos. Dá pena de ver Montillo, o único jogador lúcido em um amontoado de jogadores. Farias, por exemplo, afastado há quatro meses ganhou nova chance. Concluiu uma única vez a gol, em impedimento. Será difícil ter um final de campeonato tranquilo.

O segundo tempo foi uma repetição do primeiro. O Grêmio começou fazendo gol. Desta vez, com Escudero após lindo lançamento de Marquinhos. O meia apareceu livre dentro da área e desviou de Fábio.

Com o 2 a 0, o time gaúcho manteve o controle do jogo. Perdeu chances com Douglas, Julio Cesar e Brandão.

O Cruzeiro só ameaçou em chute de Montillo defendido por Victor. Muito pouco. Vágner Mancini terá trabalho...

FICHA TÉCNICA - GRÊMIO 2 X 0 CRUZEIRO

Data: 02 de outubro, domingo
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende da Cunha
Assistentes: Carlos Berkenbrock e Jesmar Benedito Miranda de Paula
Cartões amarelos: Fábio Rochemback e Miralles (Grêmio) e Sandro Manoel (Cruzeiro)

Gols:

Grêmio: Rafael Marques, aos 4 minutos do primeiro tempo. Escudero, aos 4 minutos do segundo tempo.

GRÊMIO: Victor; Mário, Edcarlos (Vilson), Rafael Marques e Julio Cesar; Fábio Rochemback, Fernando, Marquinhos (Adilson), Douglas e Escudero (Miralles); Brandão. Técnico: Celso Roth.

CRUZEIRO: Fábio; Vítor, Léo, Victorino e Gabriel Araújo; Sandro Manoel (Elber), Charles, Everton e Roger (Sebá); Montillo e Farias (Anselmo Ramon). Técnico: Vágner Mancini.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011cruzeiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG