Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio vê desafeto Borges “humilhar” atacantes do time

Borges marcou mais que o dobro de gols dos atacantes do Grêmio no Campeonato Brasileiro

Samir Carvalho, iG Santos |

A partida entre Grêmio e Santos nesta quarta-feira , às 20h30 (de Brasília), no estádio Olímpico, em jogo adiado da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcará o reencontro do atacante Borges com seu ex-clube. Os gaúchos devem sentir falta do camisa 9. Artilheiro isolado da competição com 19 gols, Borges marcou mais que o dobro de gols dos atacantes do Grêmio .

AE
Borges tem 19 gols pelo Santos. Já todos os atacantes do Grêmio somam apenas oito no Brasileiro

Somando os gols dos seis atacantes que o técnico Celso Roth tem disponível no elenco do Grêmio, o número chega a oito – André Lima (cinco), Brandão (1), Miralles (1) e Leandro (1), menos da metade dos gols de Borges. Já os jovens Diego Clewmentino e Yuri Mamute não balançaram as redes.

Borges deixou o Grêmio como desafeto no clube após entrar em rota de colisão com o técnico Renato Gaúcho. O desentendimento começou quando o camisa 9 foi expulso contra o Universidad Católica, pela Copa Libertadores da América, deste ano.

Além de liberar o jogador sem custos para o Santos e receber em troca o meia Marquinhos, que estava emprestado ao Avaí, o Grêmio ajuda a pagar o salário de Borges no Santos. Os gaúchos pagam R$ 50 mensais até o final desta temporada.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do time em tempo real

Borges nega que deixou o Grêmio com traumas por causa da confusão no primeiro semestre deste ano, e acredita que sua transferência para o Santos também foi benéfica ao clube gaúcho.

“Trauma não existe. Até fiz uma média de gols legal por lá e vim para o Santos em um acordo que foi bom para os dois lados. Mas toda vez que se joga contra sua ex-equipe tem um sabor especial”, afirmou Borges.

O atacante não deixou o Grêmio por falta de gols. Borges chegou no Olímpico em janeiro de 2010. Foram 59 jogos e 30 gols marcados, média de aproximadamente 0,51 gol por partida. No Santos, a média é ainda maior, 0,83 gol, com 19 gols em 23 jogos.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e comente sobre Borges e os atacantes do Grêmio

Leia tudo sobre: santosborgesgrêmiobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG