Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio se irrita com lesão de Kleber e ameaça abandonar Gauchão

Presidente Paulo Odone convocou entrevista coletiva e reclamou da conivência da Federação Gaúcha

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

AE
Kleber fraturou a fíbula
A lesão de seu principal jogador revoltou o Grêmio. O presidente Paulo Odone convocou entrevista coletiva para falar sobre a perda de Kleber, que fraturou a fíbula no jogo contra o Cruzeiro. Chegou a ameaçar repensar a participação no Gauchão de 2012.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O Grêmio tem que repensar sua participação no futebol gaúcho se a Federação não fizer o que lhe compete. Fiscalizar e fazer com que se cumpram as regras. Ou o presidente da Federação faça uma intervenção ou não terá o Grêmio participando da mesma maneira, com o mesmo empenho", disse Odone.

Kleber será submetido a uma cirurgia nesta terça-feira. O período de recuperação varia de 3 a 6 meses. Ele se machucou em um lance com Léo Carioca, do Cruzeiro.

Tenha informações do Grêmio no Twitter

"Achamos que não foi um evento acidental. Foi algo que culminou de um processo que vem desde o início do campeonato. Não bastasse começar o campeonato com apenas oito dias de preparação, nos vemos diante de um futebol longe de ser de disputa, passou a ser um futebol de violência. Perdemos Mário Fernandes, perdemos Julio Cesar.. Os atletas estão confundindo pegada com violência", completou.   

 Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e comente sobre o seu time:

Leia tudo sobre: GrêmioCampeonato Gaúcho 2012Paulo OdoneKleber

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG