Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio recomeça busca do tri da América contra Oriente Petrolero

Renato Gaúcho escala equipe ofensiva na partida das 19h45min desta quinta-feira no Olímpico

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Adilson fala em aproveitar as oportunidades. Gabriel em pensar no improvável. Lúcio defende a necessidade de desconfiar até dos companheiros. Seja pelo Grêmio ou por outros clubes, quem já teve a experiência de disputar sabe o quão difícil é levantar a taça da Libertadores.

Por isto, a partida contra o Oriente Petrolero, nesta quinta-feira, às 19h45min, no Olímpico, é encarada como o segundo passo na busca pelo tri da América – foi campeão em 1983 e 1995. É a abertura do Grupo 2, porém, tem a mesma importância de um jogo eliminatório, como foram os do confronto contra o Liverpool pela primeira fase do torneio.

Gazeta Press
Vinícius Pacheco fez dois gols e ajudou o Grêmio a eliminar o Liverpool

“Estes jogos não permitem erros”, define o técnico Renato Gaúcho.

O técnico, aliás, é a única figura da linha de frente do Grêmio que ganhou a competição – pelo próprio clube, em 1983, na época de jogador. Adilson caiu nas semifinais de 2009, Gabriel perdeu a final de 2008 (pelo Fluminense, com Renato como treinador) e Lúcio a do ano anterior.

“Ficou o gostinho de quero mais”, admite Adilson.

Além das receitas, outro trunfo do Grêmio é a qualidade do grupo. A avaliação interna é que o elenco tem condições de disputar com qualquer rival. Os brasileiros e os argentinos, porém, são os que mais chamam a atenção.

“É cedo para apontar favoritos. Temos que primeiro cuidar da nossa campanha”, disse o goleiro Victor.

Nesta quinta, Carlos Alberto, estreante no Olímpico, atuará na vaga de Adilson. Renato apta por escalação ofensiva para começar com vitória. O otimismo da torcida é grande, afinal, cerca de 10 mil ingressos foram vendidos antecipadamente para o jogo em que o Grêmio estreará o novo uniforme.

O Oriente Petrolero disputou a Libertadores em 19 oportunidades, a última em 2006, quando não passou da primeira fase, enquanto sua melhor participação foi em 1988, ano em que conseguiu chegar nas quartas de final. O destaque é o atacante Juan Carlos Arce, com passagens por Corinthians e Sport.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X ORIENTE PETROLERO

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 17 de fevereiro de 2011, quinta-feira
Horário: 19h45min (de Brasília)
Árbitro: Líber Prudente (Uruguai)
Auxiliares: William Casavieja e Carlos Pastorino (Uruguai)

GRÊMIO: Victor; Gabriel, Paulão, Rodolfo e Gilson; Fábio Rochemback, Lúcio, Carlos Alberto e Douglas; Borges e André Lima. Técnico: Renato Gaúcho

ORIENTE PETROLERO: Hugo Suárez; Miguel Hoyos, Alejando Caamaño, Alejandro Schiapparelli e Luis Gutiérrez; Fernando Saucedo, Jhasmani Campos, Marcelo Aguirre, Joselito Vaca e Mauricio Saucedo; Juan Carlos Arce. Técnico: Ariel Cuffaro Russo

Leia tudo sobre: grêmiocopa libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG