Julinho Camargo admite pressão por resultados, mas dirigentes descartam troca no comando técnico

nullNão caiu bem no Grêmio a derrota para o Flamengo . A opinião no vestiário do clube gaúcho é que o time fez um bom jogo e, mais do que isso, poderia ter tido melhor sorte se um pênalti sobre Leandro fosse marcado no final do primeiro tempo, quando o adversário vencia por 1 a 0.

“O pênalti do Leandro poderia ter mudado o resultado”, disse o técnico Julinho Camargo. “O Leandro foi puxado pela camiseta. Foi pênalti”, esbravejou o presidente Paulo Odone.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Saiba as últimas notícias do Grêmio pelo Twitter

O Grêmio é 14º colocado no Brasileirão e pode entrar na zona de rebaixamento, dependendo dos resultados de domingo . Apesar de novo resultado negativo, a opinião é que o time evoluiu em relação ao empate com o América-MG.

“O resultado não condiz com o que foi a partida. Fizemos uma partida boa”, avaliou Julinho. “O Grêmio enfrentou bem o Flamengo. Vocês não acham que o Grêmio fez um bom jogo”, questionou o presidente Paulo Odone aos repórteres.

A pressão da torcida cresce a cada rodada. Porém, ainda no vestiário do Engenhão, os dirigentes asseguraram que mudanças não serão feitas. Julinho Camargo foi bancado no cargo, embora ele saiba da pressão.

“Tenho consciência disso, sei que minha profissão é marcada por isso, mas não tenho medo. Vou botar a cara. Quero trabalhar”, declarou o treinador.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.