Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio promete denunciar apedrejamento de ônibus à Conmebol

Veículo que conduzia a delegação ao aeroporto de Barranquilla foi atingido por pedras na sexta-feira

EFE |

Reprodução
Pedra destruiu vidro da janela do veículo que conduzia o elenco gremista em Barranquilla
O Grêmio informou nesta sexta-feira que apresentará uma queixa formal à Conmebol por ter tido seu ônibus apedrejado quando deixava o estádio Metropolitano na madrugada desta sexta-feira (horário de Brasília), após a derrota por 2 a 1 para o Junior Barranquilla, pelo Grupo 2 da Taça Libertadores.

O vice-presidente de futebol do clube, Antonio Vicente Martins, que comandava a delegação que viajou à Colômbia, relatou à Rádio Gaúcha que o incidente destruiu três janelas do veículo.

"Estávamos todos meio dormindo. Acordamos sobressaltados, achando até que fosse tiro, pelo barulho", disse o dirigente, que reprimiu a ação, mas deixou claro que ninguém se machucou.

Não se sabe quem atirou as pedras. O dirigente tirou fotos dos destroços. Uma das janelas atingidas era a do banco onde estava o treinador Renato Gaúcho e o assessor de impresa Victor Rodriguez.

"É lamentável. Trata-se de uma atitude reprovável", completou Martins.

Leia tudo sobre: grêmiocopa libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG