Time de Renato Gaúcho pode ser primeiro, mas considera empate bom resultado

Ao projetar enfrentar o São Paulo, sábado, às 18h30min, no Morumbi, os jogadores do Grêmio adotaram um discurso diferente. Ao invés de elencarem as dificuldades do confronto, preferiram destacar o significado de vencer o líder do Brasileirão. É aquela história: seria um embalo e tanto para permanecer no topo da tabela até a estreia dos reforços.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

O primeiro a revelar a estratégia foi o volante Fábio Rochemback :

"Sabemos o tamanho do desafio: o líder atuará em casa. Agora, temos condições de vencer e vamos em busca dos três pontos. Ficaríamos em outra situação no campeonato".

Em caso de vitória, o Grêmio pode até assumir o primeiro lugar. Precisa que Corinthians, Palmeiras e Atlético-MG tropecem. A meta de Renato Gaúcho, até a estreia de Gilberto Silva e Miralles, é ficar entre os dez . Atualmente, é o 5º colocado .

Claro que o objetivo não desmerece o São Paulo. Em todas manifestações, os atletas gremistas citam a qualidade do time e dos colegas de profissão. Tanto que Fernando e Gabriel disseram ficar contentes até com um empate. Mas...

"O São Paulo é um clube grande, mas não invencível. O campeonato está começando, eles vão tropeçar, como todos. Queremos três pontos. Ganhar em casa é muito bom, fora de casa é ainda melhor", analisou Gabriel.

O Grêmio faz o último treino, antes da partida, nesta sexta-feira pela manhã. Será quando Renato fará os últimos ajustes na nova formação tática: apenas Junior Viçosa no ataque e com Gabriel no meio-campo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.