Tamanho do texto

Nesta terça, time pode perder Douglas, que será julgado no STJD por uma entrada em Richarlyson, em setembro

Embora tenha a vantagem de enfrentar no Olímpico seus dois principais concorrentes na luta pela Libertadores, o Grêmio não terá vida fácil se quiser terminar o Campeonato Brasileiro dentro do G4. Para a partida deste sábado, a primeira das duas decisões, contra o Atlético-PR, dois titulares são desfalques certos e outros dois podem não atuar.

Jonas e Rafael Marques, suspensos, não jogam contra o Furacão. O artilheiro do Brasileirão foi expulso na partida diante do Santos e cumpre suspensão automática. Já o defensor recebeu o terceiro cartão amarelo no lance em que cometeu o pênalti em Zé Eduardo.

Nesta terça, o Grêmio pode perder Douglas, que será julgado no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por uma entrada em Richarlyson na vitória gremista sobre o São Paulo, em setembro. Com a seleção brasileira em Doha, no Catar, o meia não estará presente no julgamento. Outro possível desfalque é o lateral direito Gabriel, que sofreu um edema muscular na coxa e nem viajou até Santos para o jogo na Vila Belmiro. Nesta semana, o jogador intensificará o trabalho de recuperação para participar do jogo de sábado.

Os substitutos ainda são incógnitos. O técnico Renato Gaúcho deve definir o time ao longo da semana. Para a vaga de Rafael Marques, Neuton deve ser a opção. O lugar de Jonas deve ser disputado entre Diego Clementino e Júnior Viçosa. Se Gabriel não atuar novamente, Edilson deve seguir no time, e o substituto de Douglas, caso seja suspenso, possivelmente será Souza.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.