Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio pede cautela com hostilidades a Ronaldinho Gaúcho

Com o camisa 10 em campo, Flamengo visitará o estádio Olímpico no próximo domingo

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Divulgação
Torcida do Grêmio prepara faixas contra o jogador
O clima é tão negativo, que os próprios dirigentes do Grêmio fazem questão de pedir cautela. O time se prepara para receber o Flamengo, no próximo domingo, no estádio Olímpico. Na delegação carioca deve estar Ronaldinho, que rejeitou proposta do clube gaúcho no início do ano, e deixou os gremistas extremamente revoltados.

Veja: Gremistas organizam protesto contra Ronaldinho

“Pedimos calma para o torcedor. Ele ficou frustrado, mas não podemos perder o mando de campo. Se quiserem vaiar, podem fazer, mas com limites, porque pretendemos ter outros jogos no Olímpico. Não podemos perder mando de campo por uma atitude impensada de um torcedor”, comentou o diretor de futebol Paulo Pelaipe.

Confira a classificação do Brasileirão 2011

Ronaldinho cumpriu suspensão neste fim de semana, quando o Flamengo empatou com o Santos. Se nenhum imprevisto ocorrer, estará em campo no próximo fim de semana. O Flamengo ainda sonha com o título brasileiro, é o 4º colocado.

Lembre: Ronaldinho foi destaque na vitória do Flamengo sobre o Grêmio, no primeiro turno

O Grêmio pouco tem a fazer no Brasileirão. Na última rodada, com um jogador a mais, cedeu o empate de 2 a 2 para o América-MG, lanterna do Brasileirão. Porém, a torcida já se prepara há algum tempo para receber Ronaldinho de forma nada amistosa.

Relembre o caso:

Deixado de lado no Milan, Ronaldinho manifestou desejo de voltar ao Brasil em meados de 2010. O Grêmio logo manifestou interesse na negociação. Os contatos começaram em setembro. O grande empecilho era que o clube gaúcho não dispunha de muito dinheiro para colocar no negócio.

Saiba as últimas notícias de Grêmio e Flamengo pelo Twitter

Cientes do desejo do craque, Palmeiras e Flamengo entraram na disputa já no fim de 2010. Vendo a complexidade do negócio, o clube paulista foi o primeiro a deixar as conversas. O Grêmio sempre manteve a confiança no desfecho.

Mostre que o seu time é maioria na Torcida Virtual

O Flamengo assumiu a dianteira na reta final. Mais hábil na negociação, a presidente Patrícia Amorim deixou o Grêmio para trás e conseguiu anunciar o Gaúcho. O imbróglio só serviu para aumentar mais a imagem negativa que Ronaldinho tinha com a torcida do Grêmio. Em 2001, quando trocou o Grêmio pelo PSG, o jogador acabou rendendo bem menos dinheiro do que se esperava, por ter assinado um pré-contrato com os franceses sem o consentimento do clube gaúcho.

null
 

Leia tudo sobre: GrêmioFlamengoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG