Tamanho do texto

Trabalho está abaixo do esperado e emissário é autorizado a avaliar situação do ex-treinador do Flamengo

Caio Júnior está sob pressão
Lucas Uebel/Site oficial do Grêmio
Caio Júnior está sob pressão
Se depender do diretor executivo Paulo Pelaipe, Caio Júnior seguirá como técnico do Grêmio . Neste domingo, as rádios de Porto Alegre especularam que o treinador será demitido na segunda-feira.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“São boatos. Tem contrato até 31 de dezembro. Me reúno segunda-feira com o presidente. Não fui comunicado de nada sobre essa possibilidade (de demissão)”, disse o dirigente, em contato com o iG .

Porém, o clube gaúcho avalia a situação de Vanderlei Luxemburgo, que está desempregado. O treinador era a primeira opção no fim do ano passado, mas tinha um valor muito elevado, por isso os dirigentes acabaram optando por Caio Jr. Agora desempregado, a negociação pode ser mais fácil. Um emissário do clube foi autorizado a sondar quais seriam os valores do ex-técnico do Flamengo.

O que é certo até então é que o trabalho de Caio Júnior está abaixo do esperado. São oito jogos, com quatro vitórias, um empate e três derrotas. O próprio Pelaipe pressionou o treinador de forma pública na derrota de sábado para o São José.

Os jogadores se reapresentam na tarde de segunda-feira. Quarta-feira, o time visita o Inter, pelas quartas-de-final do primeiro turno do Gauchão.

Clube gaúcho quer saber quanto custaria o trabalho de Vanderlei Luxemburgo
Agência O Globo
Clube gaúcho quer saber quanto custaria o trabalho de Vanderlei Luxemburgo

Tenha informações do Grêmio no Twitter

Antes disso, no início da tarde, os dirigentes tem uma reunião de rotina para debater o momento e o futuro do clube. Neste encontro, será reavaliado o trabalho do atual treinador.   

* Com informações de Hector Werlang, iG Porto Alegre

 Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e comente sobre o seu time:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.