Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio não irá viajar de ônibus ou no dia do jogo com São Paulo

Renato Gaúcho aceita viajar até as 20h desta sexta-feira e sugere adiamento de partida

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

A viagem do Grêmio a São Paulo ganhou ares de novela mexicana. Depois de dois adiamentos, o voo está marcado para as 17h27min desta sexta-feira . O problema é que não há confirmação se o Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, será reaberto durante a tarde, afinal, está fechado desde a noite de quinta-feira devido às cinzas do vulcão Puyehue, em erupção desde sábado no Chile.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Prevendo dificuldades no deslocamento, o técnico Renato Gaúcho descarta viajar de ônibus ou no dia da partida contra o São Paulo – o jogo está marcado para as 18h30min de sábado. Até ter uma definição sobre a situação, a delegação irá aguardar no Hotel Deville, o mesmo da concentração, que fica ao lado do aeroporto.

"Isso atrapalha em todos os sentidos. Tínhamos uma programação de chegada, lanche, vídeo, não sei se terei tempo para passar o material. Tudo isso preocupa, mas não podemos responsabilizar ninguém, é a natureza", disse o técnico Renato Gaúcho.

O treinador disse que é possível deixar Porto Alegre até as 20h sem ter prejuízos aos jogadores – o deslocamento a São Paulo dura uma hora e meia. Viajar de ônibus foi descartado. Renato até sugeriu o adiamento do jogo:

“Não podemos é ficar esperando. Vamos aguardar até as 17h. É muito cansativo. Não vamos de ônibus, de jeito nenhum. Poderíamos ir até Florianópolis de ônibus, ou Curitiba, mas e se chegarmos lá e fechar o aeroporto? A primeira opção é ir hoje, se não der, o plano B é cancelamento da rodada".

A CBF, por enquanto, não se manifestou. O Grêmio, então, aguarda a abertura do aeroporto.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011viagemsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG