Santos tem interesse em Miralles. Panathinaikos complica liberação de lateral-direito

A quinta-feira não foi boa para os negócios do Grêmio . Além de ver o Santos entrar na disputa por Miralles, as tratativas com o Colo Colo não avançaram – Paredes é o outro jogador pretendido pelo clube gaúcho. E pior: o Panathinaikos exige o pagamento de indenização para liberar Gabriel.

O lateral-direito era esperado nesta tarde no Olímpico para uma reunião com o vice de futebol Antônio Vicente Martins. Iria comunicar o resultado da viagem à Grécia, onde se reuniu com a direção do Panathinaikos, clube com o qual tem contrato até 30 de junho de 2012. O Grêmio acreditava que o atleta pudesse conseguir trocar uma dívida (valor não revelado) pela liberação, mas...

De acordo com o jornal Sport Day, o Panathinaikos quer dinheiro para ceder o jogador: 1 milhão de euros (R$ 2,3 milhões). Na terça-feira, Antônio Vicente Martins havia dito que o Grêmio não iria pagar ao clube grego . O encontro foi transferido para esta sexta-feira. O empréstimo de Gabriel termina em 30 de junho.

No Chile, o empresário Rogério Braun ouviu da direção do Colo Colo os valores exigidos para liberar a dupla subiram para US$ 4 milhões (R$ 6,4 milhões). A direção do Grêmio adotou silêncio e evitou comentar a situação dos jogadores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.