Treinos de Julinho Camargo só evoluíram em um de quatro quesitos ofensivos

Julinho Camargo tem dificuldade em melhorar produção do Grêmio
Gazeta Press
Julinho Camargo tem dificuldade em melhorar produção do Grêmio
O empate com o América-MG mostrou pouca evolução na maior dificuldade do Grêmio no Brasileirão. De quatro quesitos ofensivos, o time de Julinho Camargo melhorou em apenas um: a quantidade de finalizações. Os números são do Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

São, agora, 57 conclusões ao gol adversário em 11 jogos, ou seja, uma média de 5,2 por partida, o que equivale o 13º melhor aproveitamento entre 20 equipes – era o 15º antes da rodada. Posse de bola e quantidade de dribles mantiveram-se estáveis. São 13 minutos e 35 segundos em média (15º lugar) e 85 lances em que um gremista superou o adversário (última posição).

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Tudo isto interferiu na quantidade de gols marcados. Com 12, o ataque gremista caiu uma posição. Agora é 13º mais efetivo. E é reflexo da pioridade dada pelo treinador os treinos de posicionamento defensivo.

A próxima chance de melhorar o desempenho é contra o Flamengo, sábado, às 18h30min, no Rio de Janeiro. Antes, o Grêmio treina na manhã desta sexta-feira no Olímpico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.