Forma de pagamento é negociada entre clubes e volante foi retirado de partida do domingo

Falta apenas acertar o número de parcelas do pagamento de R$ 3 milhões para o Grêmio acertar a venda de Willian Magrão ao Corinthians . O negócio está tão avançado que o volante sequer irá concentrar com o grupo que jogará contra o Cruzeiro, domingo, pelo Gauchão. A tendência é que até segunda-feira a transação seja concluída.

Assessor de futebol do clube gaúcho, José Simões disse nesta sexta-feira ter recebido uma proposta oficial do Corinthians. Por telefone, apresentou a contra ao gerente de futebol do clube paulista William Machado. Espera a resposta.

“Não estamos longe. O acerto pode acontecer a qualquer momento”, explicou Simões.

O técnico Renato Gaúcho admite perder o atleta, que pediu para ser negociado por ser reserva e nem ter sido inscrito na Libertadores.

“Jamais vou segurar quem não esteja satisfeito e queira uma negociação. Se ele pode fazer a independência financeira, não vou ser eu a frear”, revelou o treinador.

O Grêmio venderá 50% dos direitos econômicos do atleta. O restante pertence a investidores.

O Corinthians ainda se mostra cauteloso em falar sobre a contratação do jogador, mas diz que a partir de segunda-feira a negociação poderá ser encerrada. "Ainda não fechamos com o Grêmio, faltam algumas coisas que só na segunda-feira é que vamos poder ver melhor", disse Duílio Monteiro Alves, diretor adjunto do departamento de futebol. O clube paulista tenta viabilizar parceiros para pagar parte do valor pedido pelo Grêmio pelo jogador.

*Colaboração de Bruno Winckler, iG São Paulo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.