Clube gaúcho irá recorrer da multa de R$ 150 mil imposta pela justiça gaúcha

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul divulgou na tarde desta quinta-feira sentença condenando o Grêmio por violação de direitos autorais e pirataria na produção do DVD A Batalha dos Aflitos. De acordo com a decisão do Juiz da 15ª Vara Cível, Giovanni Conti, o clube gaúcho, a empresa Nova Forma Indústria e Distribuição e a rede de lojas Multisom terão de pagar R$ 150 mil por dano moral à Iniciativa Produções Cinema e Vídeo – ainda será definido valor da multa por danos materiais na liquidação da sentença.

O Grêmio vai recorrer da decisão em primeira instância. A Iniciativa Produções Cinema e Vídeo baseou a ação no acordo para a produção de vídeo institucional, gravado em arquivo máster, pelo valor de R$ 25 mil, para a produção de toda a obra audiovisual que contou a história da conquista da Série B pelo Grêmio em 2005. Porém, alegou a produtora, o Grêmio repassou o material a uma terceira empresa, a Nova Forma, que licenciou cópias piratas do vídeo para venda nas Lojas Multisom.

A Batalha dos Aflitos foi o nome dado à partida contra o Náutico, em Recife, dia 25 de novembro de 2005, na qual o Grêmio voltou para a Série A. Mesmo com quatro expulsões e dois pênaltis contra, o clube gaúcho venceu por 1 a 0. Gol de Anderson, atualmente no Manchester United.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.