Antônio Vicente Martins, vice de futebol, mantém tranquilidade para fechar grupo do Brasileirão

Depois de contratar Gilberto Silva, Miralles e Marquinhos, o Grêmio adota cautela para fechar o grupo que disputa o Brasileirão. Isto porque as boas atuações de jogadores promovidos das categorias de base deram tranquilidade à direção para buscar reforços. Um zagueiro e um atacante ainda serão contratados, mas há a desistência por um lateral-esquerdo.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

"Não é uma sangria desatada como era na primeira rodada. Com as boas atuações do sistema defensivo pegamos fôlego. Temos alternativas no grupo que estão dando resultado. Se antes precisávamos de quatro ou cinco, agora necessitamos de um, dois ou três. Acho que as nossas carências são um zagueiro e um atacante", analisou o vice de futebol Antônio Vicente Martins.

Saimon, Mário e Neuton, todos zagueiros de origem e titulares do momento, supriram a lesão de Rodolfo, ocorrida na estreia do Nacional diante do Corinthians . À época, a direção cogitou contratar dois defensores. Agora diminuiu para um – até porque a defesa não sofreu gols nas duas últimas rodadas. Além destes, o grupo ainda tem Rafael Marques e Vilson.

O atacante buscado pode ser Paredes, do Colo Colo . Antônio Vicente Martins disse que a negociação, que ainda envolve o Santiago Morning, está "parada". Ela começou no final de abril.

A desistência pelo lateral ocorreu pois Neuton tem tido boas atuações, Bruno Collaço está em fase final de recuperação de lesão e ainda há a possibilidade de Lúcio voltar a atuar na sua posição.

"Sei que o torcedor está ansioso, mas temos algumas limitações financeiras. Isso não quer dizer que não podemos fazer investimentos razoáveis", encerrou o dirigente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.