Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio decepciona e empata com o Lajeadense na estreia no Gauchão

Após sair ganhado por 2 a 0, time de Renato Gaúcho cedeu resultado no segundo tempo

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Foi decepcionante a estreia do Grêmio em 2011. Na tarde deste sábado, no Olímpico, a equipe de Renato Gaúcho apresentou muitas falhas defensivas e empatou em 2 a 2 com o Lajeadense na primeira rodada do Gauchão.

Com o resultado, os dois times lideram o Grupo 2, ao menos até o término da rodada no domingo. Na quarta-feira, em Erechim, o rival é o Ypiranga. Victor, Lúcio e Borges, com dores musculares, não tem retorno confirmado.

O jogo

O Grêmio utilizou uma receita vencedora em 2010 para encaminhar, no primeiro tempo, o que parecia ser uma vitória fácil. Aos 38 minutos, Rochemback cobrou falta da esquerda. Rafael Marques subiu mais que a zaga e marcou de cabeça.

nullSeis minutos mais tarde, Jonas reafirmou o faro de artilheiro. Em uma bela jogada, completou passe de cabeça de Junior Viçosa. O começo da trama, porém, foi de cinema. Fábio Rochemback lançou Jonas, este serviu Gabriel, que foi à linha de fundo e cruzou para o centroavante.

Àquela altura, com a exceção de algumas investidas de Alex Goiano, o Grêmio tinha o controle do jogo. A equipe demonstrava dificuldade de movimentação, resquícios da pré-temporada, porém, conseguiu superar os desfalques de Victor, Lúcio e Borges, com dores musculares, com Marcelo Grohe, Vilson e Viçosa.

“Temos de manter a posse de bola para manter o controle”, disse o capitão Rochemback.

nullNão foi o que aconteceu no segundo tempo. Os gremistas cansaram, diminuíram o ritmo e o Lajeadense, que começou a preparação ao Estadual em 28 de novembro, passou a ameaçar.

Em um erro de marcação da defesa, Paulo Rangel apareceu livre dentro da área e desviou de Marcelo Grohe: 2 a 1. A entrada de Fábio Nunes transformou a partida. Ele infernizou a zaga e obrigou Marcelo a fazer duas boas defesas.

Sem força, o Grêmio não conseguia atacar. Pior. Corria riscos a cada jogada ofensiva do rival. Numa delas, aos 40, veio o empate. Fábio Nunes cavou escanteio, cobrou e Ramos subiu livre para decretar o 2 a 2.

Não fosse uma defesa de Marcelo, em chute Capixaba, no final do jogo, e o Lajeadense teria vencido. Seria um feito histórico para uma equipe que não tinha médico em campo e precisou de meias emprestadas pelo Grêmio para entrar em campo.

FICHA TÉCNICA – GRÊMIO 2 X 2 LAJEADENSE

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 15 de janeiro, sábado
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Roger Goulart
Auxiliares: José Antônio Chaves Franco Filho e José Inácio de Souza
Renda: R$ 240.656,50
Público: 15272 (13.269 pagantes)
Cartões amarelos: Fábio Rochemback (Grêmio) e Ramos, Alex Goiano e Paulo Rangel (Lajeadense).

GOLS: Grêmio: Rafael Marques, aos 38 minutos, e Jonas, aos 44 minutos, do primeiro tempo. Lajeadense: Paulo Rangel, aos 22 minutos, e Ramos, aos 40 minutos, do segundo tempo.

GRÊMIO: Victor; Gabriel, Paulão, Rafael Marques e Gilson; Fábio Rochemback, Adilson (Bergson), Vilson e Douglas; Jonas e Junior Viçosa (Diego Clementino). Técnico: Renato Gaúcho.

LAJEADENSE: Fernando; Bindé, Linno, Tiago Saletti e Castiano (Bruninho); Rudiero, Ramos, Alex Goiano (Fábio Nunes) e William (Fábio Rosa); Ronaldo Capixaba e Paulo Rangel. Técnico: Benhur Pereira.

Leia tudo sobre: GrêmioLajeadenseGauchão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG