Presidente Paulo Odone admite troca de jogadores e reitera confiança em Renato Gaúcho

Antes mesmo de Renato Gaúcho conceder a sua entrevista coletiva, após o título do Inter , domingo, no Olímpico, o presidente Paulo Odone e o vice de futebol Antônio Vicente Martins fizeram questão de fazer um pronunciamento. O comportamento gerou especulações sobre o anúncio de alguma mudança do futebol do Grêmio . A dupla, porém, queria apenas pedir desculpas ao torcedor.

Então, a partir desta segunda-feira, sem o calor de uma derrota, a direção começará a debater e colocar em prática a reformulação do grupo de jogadores – de folga, os jogadores e o treinador se reapresentam na quarta-feira. A única certeza é a continuidade do trabalho de Renato Gaúcho.

"Estávamos conversando, então, agora faremos mudanças. Elas serão divulgadas na medida do possível. Agora, o trabalho precisa ser reforçado e não alterado", disse Odone.

Antônio Vicente Martins foi mais claro:

"Renato tem relação clara e boa com a gente. Contamos com ele para um grande Brasileirão."

Embora não tenha revelado, a direção pretende contratar ao menos quatro jogadores: zagueiro, lateral-esquerdo e dois atacantes. Jovens pouco aproveitados devem ser emprestados a outros clubes para diminuir o grupo. Atualmente, são 37 jogadores.

O otimismo, apesar de derrota, não foi abalado. Com a palavra, Antônio Vicente Martins:

"Nosso grupo não é pior que o do Inter. Perdemos duas decisões por pênaltis (a outra foi a final do segundo turno estadual). Há um equilíbrio".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.