Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio avisa que Ronaldinho Gaúcho vai rescindir com o Milan

"Até quinta queremos comunicar a contratação", afirmou o diretor de futebol do time gaúcho

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

O Grêmio está muito perto de anunciar a contratação de Ronaldinho Gaúcho. Nesta quarta-feira, a assessoria de imprensa do clube se manifestou pela primeira vez desde o começo das negociações com o Milan. O resumo do comunicado oficial: o empresário e irmão Roberto de Assis Moreira viajará ao Rio de Janeiro para rescindir o contrato com o clube italiano.

Poucos minutos após o anúncio da assessoria de imprensa do Grêmio foi a vez do diretor do futebol do clube gaúcho, Antônio Vicente Martins, se pronunciar. O dirigente afirmou que até o final da tarde de quinta-feira, o Grêmio pretende anunciar a contratação do meia do Milan.

Gazeta Esportiva
Até 2001, Ronaldinho defendeu o Grêmio. O clube sonha com a sua volta
“Estamos muito próximos de finalizar as conversas. Até quinta queremos comunicar a contratação. Será a maior do futebol brasileiro de todos os tempos”, disse o dirigente em entrevista coletiva no pátio do Estádio Olímpico, sob chuva em Porto Alegre, cercado por duas dezenas de repórteres.

Gaúcho no Rio?

Na tarde desta quarta-feira, o Grêmio chegou a anunciar que Ronaldinho iria de Florianópolis, onde está, para o Rio de Janeiro. A ida do jogador, entretanto, não acontecerá. Seu irmão e empresário, Roberto Assis, é que se reunirá com o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani. No encontro, ele assinará a rescisão do contrato do meia-atacante com o clube italiano.

A assessoria de imprensa do Grêmio, entretanto, fez questão de afirmar que não há garantia de acerto com o clube. Mesmo assim, entre os dirigentes, o otimismo é grande em vencer a concorrência com Palmeiras, Flamengo e Corinthians.

Também não se sabe se o a volta de Assis  a Porto Alegre será nesta quarta-feira. Talvez fique para quinta-feira, quando possivelmente haverá o anúncio oficial da contratação. A assinatura de contrato estaria pendente por uma cláusula sobre as garantias de ambas as partes em eventual quebra do acordo.

 

Leia tudo sobre: MilanRonaldinho GaúchoGrêmioPalmeirasFlamengo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG