Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grêmio anuncia acordo com a Globo para exibição do Brasileiro

Clube gaúcho foi o primeiro a acertar com a emissora, ignorando acordo do Clube dos 13 com a Rede TV!

iG Porto Alegre |

O presidente da Grêmio Empreendimentos, Antonio Antonini, anunciou em sua página do twitter que o clube assinou contrato com a Rede Globo para a transmissão de suas partidas no Campeonato Brasileiro. Os gaúchos, que já haviam anunciado que negociariam em separado do Clube dos 13, são os primeiros a acertar com a emissora.    

"O Gremio acaba de assinar com a Rede Globo contrato referente aos direitos de transmissao do Campeonato Brasileiro de Futebol", escreveu Antonini. "As receitas do novo contrato serao muito importantes para o atingimento do equilibrio financeiro do clube, um dos objetivos de nossa gestao", completou.

A assessoria de imprensa do Grêmio convocou para às 18h uma entrevista coletiva do presidente do clube, Paulo Odone, para falar sobre o assunto. Procurada pela iG, a Rede Globo não se pronunciou sobre o acordo.

Na sexta-feira, a Rede TV! acertou com o Clube dos 13 a venda dos direitos de transmissão para os Campeonatos Brasileiros de 2012, 2013 e 2014. A emissora foi a única a fazer uma oferta na concorrência proposta pela entidade, que já não conta com apoio da maioria dos filiados. Dez clubes já anunciaram que irão negociar os seus direitos de transmissão em separado.

O acerto do Grêmio com a Globo é um duro golpe no Clube dos 13. No contrato da entidade com a Rede TV! há uma clausula que diz que o acordo só valerá se os 20 filiados assinassem o documento, permitindo a exibição de suas partidas na emissora.

Ex-presidente do clube gaúcho, Fábio Koff, número 1 do C13 reclamou da posição dos dirigentes da equipe. Em entrevista ao iG na quinta-feira,  o cartola, que dirigiu o Grêmio por duas vezes, chegou afirmar que o atual presidente Paulo Odone tomou a decisão por "inveja" e vingança política

“Não há quem seja mais contestado em um clube de futebol do que aquele que ganhou. Todo o dirigente que entra, entra para alcançar o que o outro já conseguiu e mais. Não é por ciúmes. Ciúmes quem tem é mulher. É por inveja do outro, mesmo”, afirmou.

“Eu apoiei outro candidato na eleição do clube e ele (Odone) está me dando o troco. Tudo bem! Se para atingir os melhores interesses do Grêmio é preciso desprezar a figura de um ex-presidente. Não mereço nenhuma consideração?”, questionou.

Gazeta Press
Paulo Odone e Fábio Koff se encontraram pela última vez na posse do atual presidente do Grêmio

 

 


 

Leia tudo sobre: Campeonato BrasileiroGrêmioCBFClube dos 13

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG