Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

“Grata surpresa”, Escudero renasce no Grêmio com Celso Roth

Meia saiu da reserva, virou titular e tem papel fundamental na fuga do rebaixamento

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Escudero só foi ganhar chance de ser titular no quarto jogo de Celso Roth no Grêmio . Duas atuações depois, o meia deixou de ser um simples reserva para se tornar uma “grata surpresa”. Foi assim que o treinador o definiu às vésperas de enfrentar o Atlético-PR, domingo, às 16h, no Olímpico.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

“Quando cheguei aqui (em 4 de agosto) o tirei do time e apostei em Lúcio. Agora, é titular. Foi uma das boas, uma grata surpresa. Essa é a metodologia: o jogador tem que se destacar”, comentou o treinador.

O jogo que mudou a história recente de Escudero foi o Gre-Nal. Ao começar como titular, o argentino teve boa atuação e sofreu pênalti de Índio, convertido por Douglas, e determinante para a vitória do Grêmio. Ao ter atuação razoável diante do Corinthians, o camisa 24 parece ter deixado para trás o passado de lesões e apresentações irregulares.

Basta analisar as estatísticas. No clássico, por exemplo, Escudero acertou nove dribles e uma finalização e, além disso, sofreu três faltas. Ao ser o quinto homem do meio-campo, no sistema 4-2-3-1, tem a missão de marcar e ajudar André Lima no ataque.

Diante do Corinthians, embora tenha sido substituído no segundo tempo, tem dois dribles, uma finalização e sofreu uma falta.

Resta saber como ele irá se portar ao enfrentar o Atlético-PR.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011escudero

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG