Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Grandes adormecidos, Independiente e Peñarol duelam na Argentina

Times argentino e uruguaio somam 12 títulos de Copa Libertadores e estreiam se enfrentando pelo grupo 8

Gazeta |

Doze títulos de Copas Libertadores estarão em campo nesta quinta-feira, quando Independiente e Peñarol se enfrentam na estreia da competição deste ano. No duelo, que acontecerá no Estádio Libertadores de América, em Avellaneda, às 19h15 (de Brasília), as duas equipes esperam iniciar a trajetória para mais uma conquista continental. Enquanto os argentinos, maiores vencedores do torneio, têm sete títulos da competição no currículo, o Peñarol possui cinco troféus.

Campeão da Copa Sul-Americana no ano passado, o Independiente garantiu vaga para a pré-Libertadores e eliminou o Deportivo Quito para chegar ao grupo 8 da competição. Apesar do desejo de voltar a conquistar o principal torneio sul-americano, que não vence desde 1984, os argentinos vão poupar alguns jogadores para o duelo contra o Peñarol, devido ao risco de rebaixamento no Campeonato Argentino.

Priorizando o torneio nacional, o técnico Antonio Mohamed, conhecido como Turco, dará descanso para Carlos Matheu, Lucas Mareque, Roberto Battión, Hernán Fredes e Andrés Silvera, que serão substituídos, respectivamente, por Leonel Galeano, Maximiliano Velázquez, Cristian Pellerano, Leandro Gracián e Patricio Rodríguez. O objetivo do comandante, neste momento, é o clássico contra o River Plate, pelo Campeonato Argentino, no próximo fim de semana.

Pelo lado do Peñarol, o técnico Diego Aguirre afirmou que "ficaria contente" com um empate na Argentina. Modesto, Aguirre mostrou que os tempos áureos da equipe uruguaia já se foram.

"Na Libertadores a chave é o começo, para passar da primeira fase. Mas seria soberba me colocar como candidato (ao título) da Libertadores, não estaria com os pés no chão. Sou sincero", declarou Aguirre.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG