Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Graças à Copa do Mundo, Inter vai chegar ao Mundial no ápice físico

Preparador físico do clube garante que clube disputará torneio em condições melhores do que a Inter de Milão

Altair Santos, especial para o iG |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861663707&_c_=MiGComponente_C

Se existe alguém que comemorou a disputa da Copa do Mundo, mesmo com a seleção brasileira não trazendo o hexa, esse foi o preparador físico do Internacional, Fábio Mahseredjian. Ele revela que o clube aproveitou o período de 11 de junho a 11 de julho para marcar o início da temporada 2010.

Até então, fizemos um trabalho de manutenção. A nossa pré-temporada foi no meio do ano, durante a Copa. Isso foi decisivo para ganharmos a Libertadores e fará o Internacional chegar no ápice de seu condicionamento em Abu Dhabi, atesta Mahseredjian.

Segundo o preparador, a estratégia do Internacional foi importante também para o elenco conseguir, depois de ganhar a Libertadores, continuar na luta pelas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro. O clube definiu um cronograma no mínimo curioso. Segundo o plano, é como se Brasileiro e Mundial de Clubes fossem uma competição só. Para nós, é como se, terminado o segundo turno, o Internacional fosse disputar a semifinal e a final em Abu Dhabi. O Brasileiro termina dia 6 de dezembro, embarcamos dia 8 e estreamos dia 14 no Mundial mantendo o mesmo ritmo, diz Fábio Mahseredjian.

Por isso, o Internacional não cogita tirar o pé do acelerador no Campeonato Brasileiro. Só mantendo o nível de competição em giro alto é que o clube conseguirá render 100% em Abu Dhabi, avalia o preparador. Não existe como dosar a energia do elenco. O que nós temos que tomar cuidado é com a recuperação do atleta, para que ele possa participar da sequência de jogos, completa. A única adaptação do Inter nos Emirados Árabes será com relação ao fuso horário. Teremos sete horas de diferença. Por isso queremos chegar uns seis dias antes da estreia para o time absorver essa mudança, diz.

Sobre o principal adversário no Mundial, o Internazionale de Milão, Fábio Mahseredjian acredita que as duas equipes, caso venham a decidir o título, se enfrentarão em níveis semelhantes de preparação física. O Inter vai estar numa condição física muito boa para enfrentar uma equipe muito forte que é o Inter de Milão. Vamos estar em final de temporada, no nosso ápice de performance física e tática. Como eles também fizeram uma pré-temporada após a Copa, também chegarão em boas condições, avalia o preparador, garantindo que depois desta maratona o elenco ganhará longas férias. Serão, no mínimo, 30 dias de paralisação para recompor as energias, afirma o preparador, na expectativa de que o recesso após o Mundial venha acompanhado do bicampeonato.

Leia tudo sobre: internacionalmundial de clubes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG