Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gomes tem reações espontâneas, e médico revela sorriso com vitória

Treinador ameaçou movimentos de fala e esboçou sorrir ao saber do triunfo do Vasco por 3 a 1 sobre o Ceará

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

É cada dia mais animadora a recuperação de Ricardo Gomes . Em novo boletim médico, divulgado na manhã desta quinta-feira, os médicos disseram que o treinador do Vasco tem reações mais espontâneas como abrir os olhos e mover os membros. O técnico até ameaçou movimentos de fala ao saber da vitória vascaína na última quarta-feira por 3 a 1 sobre o Ceará , em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro.

"Nós conversamos algumas coisas com ele hoje (quinta) pela manhã, contamos da vitória do Vasco e ele esboçou um sorriso animador", afirmou o doutor Fábio Miranda, que está cuidando do caso no Hospital Pasteur.

Ricardo Gomes foi submetido a uma tomografia computadorizada, que mostrou uma melhora "muito significativa" com redução de 80% do sangue que ainda permanecia em seu tecido cerebral. A expectativa é que o restante seja absorvido nas próximas horas. Além da tomografia, os médicos realizaram novos exames laboratoriais, de sangue e de urina. Seu quadro não para de apresenar evolução.

Mesmo com nível de sedação reduzido, Gomes vez por outra tem momentos "flutuantes". "Ele está interagindo cada vez mais com os familiares. Nem sempre, por causa dos sedativos, mas muitas vezes olha e faz movimentos os quatro membros", contou Miranda.

O médico disse também que o treinador não deverá ter sequelas no lado esquerdo. O problema, por enquanto, está em suas reações no lado direito. Ele explicou que os movimentos de Gomes estão no nível 2 em uma escala até 5. "Mas pelas reações dele, acredito que a fisioterapia vá resolver e ele poderá recuperar bem os movimentos", disse o doutor. Outra expectativa boa diz respeito à fala.

Gomes segue respirando com auxílio de aparelhos, mas não de forma exclusiva. Antes, sua respiração era totalmente controlado por equipamentos. De acordo com boletim desta quinta-feira, em alguns momentos desde a manhã de quarta, estes aparelhos foram retirados por alguns minutos , e o treinador vascaíno não apenas respirou bem como não apresentou nenhuma outra complicação em suas funções vitais.

"A ideia é deixá-lo sem este auxílio nas próximas 24 horas. Só depois disso, poderemos ter uma noção mlehor sobre sequelas na fala. Mas pela sua recuperação, acredito que não ficará com problemas na fala", analisou José Antônio Guasti, neurocirurgião que o operou o treinador no domingo, após AVC hemorrágico sofrido durante o clássico com o Flamengo.

Leia tudo sobre: vascobrasileirão 2011ricardo gomes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG