Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gomes: "Foi jogo de um time só. Nada deu certo para o Vasco"

Treinador critica nível baixo de concentração dos jogadores e reconhece apatia do time em campo

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O técnico Ricardo Gomes nem tentou justificar a derrota de 4 a 0 para o Botafogo, na noite deste domingo, no Engenhão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro . E mais: o treinador ainda criticou a postura da equipe, que, segundo ele, entrou em campo “com um nível de concentração abaixo do normal”.

“O Botafogo foi melhor do início ao fim. Nós vínhamos de bons resultados e hoje aqui nada deu certo. Outro dia disse que nível de concentração alto ajuda o time, como foi contra o Santos. Já hoje aqui nada deu certo. Entramos um tom abaixo”, frisou Ricardo Gomes.

Segundo o comandante, a equipe esteve apática desde os primeiros minutos. Diferentemente do Botafogo, que conseguiu abrir o placar com 9 minutos de bola rolando. Como não era dia do Vasco , conforme destacou o comandante, os jogadores não se encontraram. E as coisas pioraram com o segundo gol.

“Foi jogo de um time só. Não tem nem o que dizer do Vasco. Criamos duas oportunidades, isso é muito pouco. Acontece, o time não entrou tão ligado. Sei que isso não vai abater o grupo, mas espero que não se repita”, advertiu o treinador.

Outro exemplo que, na opinião de Gomes confirma a tese de que o dia era mesmo alvinegro, foi a expulsão de Diego Souza e o terceiro cartão amarelo de Dedé . Ambos não enfrentam o Palmeiras, domingo, em São Januário.

“Isso prova que nada deu certo, deu tudo errado para o Vasco. Justamente os dois jogadores que mais se destacaram contra o Santos chegam hoje e ficam suspensos. Depois da expulsão do Diego, aí não tinha mais o que fazer. A gente estava equilibrando o jogo, mas complicou. Talvez tenha sido o pior momento do Vasco este ano”.

null

Leia tudo sobre: brasileirao 2011vascoricardo gomes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG