Precisando da vitória na Copa do Brasil, técnico quer time buscando o gol logo de saída contra o Avaí

O recado foi dado. Contra o Avaí , nesta quarta-feira, na Ressacada, o Vasco vai para o tudo ou nada. A postura do time na decisiva partida valendo vaga na final da Copa do Brasil será atacar o adversário buscando, no mínimo, um gol. A informação partiu do técnico Ricardo Gomes. O Vasco precisa da vitória ou do empate acima de dois gols. No primeiro jogo, quarta-feira, em São Januário, o placar de 1 a 1 beneficiou a equipe catarinense, que entrará em campo por um 0 a 0.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Gomes avisou que não quer saber de jogo amarrado. Para o compromisso em Florianópolis, ele terá as voltas de Rômulo e Eduardo Costa . Com esta proteção ao setor defensivo, os laterais e os meias serão liberados. É desta forma que o Vasco vai tentar reverter logo de início a vantagem dos donos da casa.

Ricardo Gomes treinou o Vasco nesta segunda-feira, de olho no jogo contra o Avaí
Futura Press
Ricardo Gomes treinou o Vasco nesta segunda-feira, de olho no jogo contra o Avaí

"Fazer gol é a prioridade. Fazer mais do que um, porque a partir daí o empate (2 a 2) vale para nós. Temos que marcar e não sofrer. Para isso, vamos ter que melhorar o jogo coletivo", decretou Ricardo Gomes.

No treino desta segunda-feira, Gomes alongou o trabalho para testar bem Rômulo e Anderson Martins, livres de lesão muscular. Ao lado de Dedé , Anderson dá segurança à zaga. A dupla, eleita a melhor do Campeonato Carioca , atua junta desde o começo da temporada e dispensa comentários quando o assunto é entrosamento.

Além do zagueiro, a boa notícia foi a resposta de Rômulo nos trabalhos com bola. Fora de combate há duas semanas, o volante é o intocável de Gomes. Sem ele e Eduardo Costa - suspenso - no empate de quarta passada, o meio demorou a repor e distribuir as bolas.

"Não conseguimos desequilibrar o adversário em razão da demora na recuperação da bola", comentou o técnico, afirmando que os jogadores estão motivados para voltar de Florianópolis com a classificação.

"A primeira parte desta decisão não foi lá essas coisas. O Avaí saiu satisfeito, mas nós não. Só que eles (jogadores) estão acreditando nessa vaga. Por isso o entusiasmo é maior".

O Vasco vai a campo com Fernando Prass; Allan, Dedé, Anderson Martins e Ramon; Rômulo, Eduardo Costa, Felipe e Diego Souza; Alecsandro e Eder Luis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.