Tamanho do texto

Técnico é rigoroso, diz que pontuação no Brasileiro não é suficiente, mas destaca últimos resultados

Ricardo Gomes está entusiasmado com os últimos resultados do time
Fotocom
Ricardo Gomes está entusiasmado com os últimos resultados do time
O Vasco de Ricardo Gomes é um time de dar orgulho ao seu torcedor. Campeão da Copa do Brasil, ocupa as primeiras posições no Campeonato Brasileiro , colocou um jogador na seleção brasileira ( Dedé ) depois de cinco anos e estreou com pé direito na Copa Sul-Americana . Nada disso, no entanto, enche os olhos do treinador. Obcecado pelo título nacional – considera-o mais importante do segundo semestre -, ele avisa que é preciso fazer mais. O retrospecto até aqui não é o bastante.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Temos que melhorar. E muito. O que foi feito até aqui no Brasileiro não é o suficiente se a gente pensar em título. Nossa pontuação é boa, mas se for repetida, não ganharemos. Temos que acertar e evoluir”, analisou Ricardo Gomes, referindo aos 33 pontos do Vasco, contra 34 do Flamengo e 37 do líder Corinthians .

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

Em contrapartida, o Vasco está em franca evolução. A diferença de apenas quatro pontos para o time de Tite dá a exata noção de que o cruzmaltino entrou na briga. Em 17 rodadas, foram dez vitórias, três empates e quatro derrotas. Vale lembrar que as primeiras partidas foram disputadas com uma equipe mista por conta das finais da Copa do Brasil.

Assim, se o Vasco virar o primeiro turno (restam os jogos contra a dupla Fla-Flu) acima da quarta posição (ao seu lado ainda tem o São Paulo ), haverá estímulo extra para brigar pelo título.

“O importante é liderar o campeonato e quanto mais cedo melhor. A diferença já foi de 11, hoje é de quatro pontos, e vamos tentar segurar nessa diferença. Se isso acontecer, com vitórias nossas e tropeços dos adversários, temos chances boas”, observou Gomes, completando:

“Temos que pensar na nossa campanha, não podemos ficar se preocupando com os jogos dos adversários. Nós vamos pensar no Fluminense, depois no Flamengo. Não estou muito preocupado em terminar o turno em primeiro, só quero terminar o campeonato na liderança. Isso, sim”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.