Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Goleiro sul-coreano admite manipulação de resultados

Imprensa do país aposta que Yeom Dong-Gyun, do Jeonbuk Hyundai Motors e ex-seleção coreana, é o culpado

AE |

Getty Images
Suspeito, Yeom Dong-Gyun teria se entregado
Um goleiro da primeira divisão sul-coreana admitiu envolvimento em um escândalo de manipulação de resultados, anunciou nesta segunda-feira um dirigente da K-League, responsável pela organização do torneio. O nome do envolvido não foi revelado, mas seria o goleiro do Jeonbuk Hyundai Motors, que teria reconheceu ter ajudado a manipular jogos na última temporada, quando defendia o Chunnam Dragons.

A imprensa sul-coreana afirma que o goleiro é Yeom Dong-Gyun, que teve passagens pelas seleções sub 23 e principal do país. O dirigente disse que a promotoria da cidade de Changwon estava investigando o jogador. O jogador entregou-se à liga, que tinha oferecido penalidades mais brandas para aqueles que admitirem envolvimento no escândalo até o final do mês.

No início de junho, os promotores da Coreia do Sul indiciaram 14 pessoas, incluindo 10 jogadores da primeira divisão por causa do escândalo. Nove jogadores, oito do Daejeon Citizen, supostamente receberam propinas de apostadores ilegais para manipular resultados. O outro jogador apostou em uma partida da sua equipe após saber que o resultado seria fraudado. Um ex-jogador da primeira divisão sul-coreana, que supostamente trabalhava como apostador, foi encontrado morto em um aparente suicídio no início deste mês.

Leia tudo sobre: Futebol MundialCoreia do SulCorrupção

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG