Tamanho do texto

Rafael, reserva de Fábio, testou positivo no Campeonato Mineiro e alegou que substância proibida estava em colírio

O goleiro Rafael , do Cruzeiro , foi suspenso preventivamente pelo Tribunal da Federação Mineira de Futebol (FMF) por 15 dias por doping. O jovem goleiro foi flagrado no exame antidoping na partida contra o América-TO, na semifinal do Campeonato Mineiro, e alegou que a substância proibida (predinisona) em sua urina seria explicada por conta de um colírio que teria usado para o tratamento de uma conjutivite.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

Rafael fica afastado preventivamente por 15 dias e não pode participar de nenhum jogo do Cruzeiro, treinando à parte na Toca da Raposa II. O julgamento do atleta deve ser realizado em 30 dias, mas ainda não foi marcado pelo Tribunal de Justiça Desportiva da FMF. Quando saiu o resultado do exame, o departamento médico do clube mineiro explicou que deu aval para o uso do colírio no tratamento da conjutivite .

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

Sem Rafael, Joel Santana irá relacionar o jovem Douglas Pires (quarto goleiro), que nunca fez nenhuma partida oficial pelo Cruzeiro. O treinador do Cruzeiro não se mostrou preocupado em escalar Douglas. “Estamos muito bem servidos nessa posição. Nosso outro goleiro vai defender no Mundial Sub20 (Gabriel, segundo reserva no Cruzeiro). Acho que o Fábio vai estar na Copa do Mundo pela fase que vem passando. Essas são coisas (doping) que acontecem na vida dos profissionais e não é bom nem ficar falando nesse assunto. É seguir trabalhando”, disse o treinador do Cruzeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.