Mesmo com a vitória, o time catarinense permanece na zona de rebaixamento, apenas dois pontos atrás do rival de Goiás

O Atlético-GO bem que tentou, mas não conseguiu espantar a má fase na Série A do Campeonato Brasileiro . Neste sábado, o clube parou, literalmente, na trave ao perder para o Avaí por 1 a 0. De quebra, tornou-se a primeira vítima dos catarinenses na competição.

Na próxima rodada, o time de Goiânia - que viu o goleiro Márcio errar uma penalidade neste sábado - buscará a reabilitação visitando o São Paulo . Já o time do sul do país tentará prolongar a ascensão diante do Internacional , na Ressacada.

O jogo - Mesmo sem a presença do técnico PC Gusmão, que desfalcou o banco em razão de problemas de saúde de seu pai, o Atlético-GO tinha o objetivo de usar o fator casa para encerrar um jejum de cinco partidas sem vitórias no Nacional.

null

Mas foi o Avaí que abriu o placar no Serra Dourada. Aos dez minutos, o atacante William ganhou uma dividida por cima e a bola sobrou para o volante Fabiano . Experiente, o jogador carregou e cruzou na medida para o atacante, que, de carrinho, escorou para as redes. Foi o primeiro gol do camisa 9 no torneio.

Seis minutos depois, os donos da casa tiveram uma grande chance de empatar, mas desperdiçaram. Welton Felipe se chocou com Felipe dentro da área e o árbitro Héber Roberto Lopes apitou pênalti. Na cobrança, o goleiro artilheiro Márcio tirou do rival Felipe, mas parou na trave.

Após o início eletrizante, o ritmo e a qualidade do jogo diminuíram. O Avaí, à frente de placar, passou a tocar a bola com maior leveza, ao contrário dos goianos, que armaram poucas tabelas até a ida ao intervalo.

MiGCompLinks_C:undefined Na segunda etapa, o nervosismo continuou atrapalhando. Os mandantes, mesmo superiores, não consumaram a igualdade. Para piorar, a trave voltou a aparecer. Aos 35 minutos, o atacante Marcão testou e viu a bola se chocar com o poste.

Encurralado, o Avaí (que atuou os últimos dez minutos com um a menos por conta da expulsão do zagueiro Welton Felipe) tentou surpreender em contra-ataques com o intuito de matar o jogo, o que não ocorreu. O placar mínimo se manteve até o fim no Centro-Oeste.

Mesmo sofrido, o Avaí faturou seu primeiro triunfo no Brasileirão. Sendo assim, o time do treinador Gallo - que acabou expulso de campo por reclamação - contabilizou sete pontos, dois atrás do próprio rival goiano. Ambos permanecem na zona de rebaixamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.