Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Goleiro marca contra e Boca complica o River no Argentino

Goleiro Carrizo espalmou a a bola para as próprias redes, deixando o Boca em vantagem no marcador

Gazeta |

AFP
Palermo marcou o segundo do Boca no clássico

Com direito a um gol contra do goleiro Carrizo e um tento de despedida do artilheiro Palermo , que se aposenta no final da temporada, o Boca Juniors fez 2 a 0 no River Plate neste domingo, jogando na Bombonera, e complicou a situação do maior rival no Campeonato Argentino.

Restando apenas cinco rodadas para o fim do torneio, o Boca agora tem 21 pontos, ainda distante dos primeiros colocados. Melhor na competição, o River está muito mais preocupado, Apesar de ter uma pontuação melhor no Clausura (22), o clube, que chegou a ser líder, ainda segue ameaçado pela queda.

Isso porque o rebaixamento na Argentina é definido por uma média com relação às últimas edições, que marcaram péssimos desempenhos dos Millonarios.

E a crise no Monumental de Nuñes começou a ser instaurada com um gol contra do seu próprio goleiro, aos 27 da primeira etapa. Mouche bateu escanteio e Carrizo, a dois passos da sua meta, espalmou a bola para dentro.

Três minutos mais tarde, o sempre artilheiro Martín Palermo aproveitou confusão na área e, com categoria, tocou de cabeça por cima do mesmo Carrizo para ampliar. No segundo tempo, ainda teve confusão e o volante Matyas Almeida, líder um dos melhores atletas do River, recebeu cartão vermelho.

Leia tudo sobre: boca juniorsriver plateargentinafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG