Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Goleiro Fábio achou decisão de Cuca precipitada

Capitão do Cruzeiro acha que técnico não deveria ter deixado seu cargo à disposição, já que grupo o apoia

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Vipcomm
Fábio disse que o grupo do Cruzeiro apoia incondicionalmente a comissão técnica comandada por Cuca
Um dos líderes do grupo do Cruzeiro não concordou com a decisão do técnico Cuca de deixar seu cargo à disposição da diretoria depois do empate de 1 a 1 com o Santos, pelo Brasileirão. O goleiro Fábio qualificou a atitude como “precipitada”, mas reiterou o apoio a Cuca, dizendo que os jogadores consideram o trabalho da comissão técnica bom. Na última segunda-feira, a diretoria do time mineiro resolveu permanecer com o treinador.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Fábio é o capitão do elenco cruzeirense e manifestou sua opinião sobre a postura do treinador depois do empate com o Santos. ”Não tinha nem que ter tido essa hipótese de o Cuca sair. Isso é que foi precipitado. O trabalho não foi de maneira alguma questionado e isso é que criou algo ruim no ambiente. Mas nós jogadores sempre quisemos que o Cuca permanecesse pela confiança que nós temos, a comissão toda também, senão ele não ia permanecer, nem com o pedido do presidente”, disse Fábio.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

O goleiro disse que não existe nenhum “corpo-mole” para prejudicar o treinador. “O grupo está se esforçando e tentando buscar essa primeira vitória de todas as formas, com todas as forças que tem. Agora, temos mais um jogo pela frente, com o América-MG, para poder vencer. Não tem trauma”, disse Fábio.

O capitão foi perguntado se teria conversado com o treinador para tentar convencê-lo de ficar no Cruzeiro. “Tentei ligar, mas o Cuca não atende o telefone e aí fica difícil. Acho que ele sabe disso (apoio do grupo), os jogadores estão passando isso para ele, fazem tudo que ele pede, mas infelizmente a bola não entrou nesses jogos”, concluiu o goleiro.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011FábioCuca

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG