Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Goleiro do Santos avisa: "sei onde eles vão bater os pênaltis"

Rafael dispensa ser herói, mas diz estar preparado para uma decisão nas cobranças de pênaltis

Paulo Passos, iG Santos |

nullCaso o jogo final do Campeonato Paulista, no próximo domingo, na Vila Belmiro, termine empatado, o título será decido em cobranças de pênaltis. O goleiro do Santos Rafael não torce para isso acontecer, mas diz que se ocorrer, ele estará preparado. “Sei onde todo mundo bate”, afirmou.

Além de treinar cobranças, o goleiro diz que estudou a forma como os corintianos batem os pênaltis. “Eu trabalho muito em todos aspectos. O Claúdio e o Denis (funcionários do Santos) mostraram todos os pênaltis no campeonato. Estou avisando, sei onde eles vão bater os pênaltis”, disse Rafael.

O goleiro elogiou o rival Julio Cesar, do Corinthians, que defendeu um pênalti na semifinal do Paulista. “O aproveitamento dele contra o Palmeiras foi muito bom. É difícil, porque mesmo se você acerta o canto, se o cara bate bem, ele marca”, disse.

Titular há um ano no Santos, Rafael contabiliza ter defendido três pênaltis. “Outros três foram para fora e levei quatro gols”, conta o goleiro.

Apesar dos números, Rafael prefere que o jogo seja decidido no tempo normal. “Não faço questão de ser herói. Prefiro que o time vença nos 90 minutos e seja campeão”, diz.

Assim como todos os jogadores que foram titulares contra o Once Caldas, na Colômbia, o goleiro não treinou com bola nesta sexta-feira. Ele correu em volta do gramado do CT do Santos. “O descanso faz parte da recuperação. Às vezes vale mais descansar do que um dia de trabalho”, comemorou o jogador, que foi liberado dos treinos da tarde e volta a trabalhar neste sábado.

 

Leia tudo sobre: SantosCampeonato Paulista 2011Rafael

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG