Logan Bailly, do Borussa Monchengladbach, é acusado de ter dado um soco em um torcedor do Standard de Liege, seu ex-clube, em 2008

O goleiro belga Logan Bailly, do Borussia Monchengladbach, foi condenado a cinco meses de prisão. O atleta recebeu a punição por estar envolvido em uma briga em maio de 2008. Na ocasião, o arqueiro estava na rua festejando o título que conquistou com o Standard de Liege, seu clube na época, e teria agredido um torcedor da equipe.

A briga teria acontecido após o torcedor rir de Bailly. O goleiro não gostou da provocação e teria dado um soco no adepto. O belga, que já atuou em oito oportunidades pela seleção de seu país, nega as acusações e afirmou que vai recorrer da sentença.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.