Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Goiás tenta tirar o encostado Max Pardalzinho do Palmeiras

Time admite que os goianos têm interesse no jogador, mas negam que a transferência esteja definida

Gazeta Espotiva |

Sem chances de entrar em campo no Palmeiras , e com ainda menos espaço após a chegada de Maikon Leite, Max Santos, o Pardalzinho, procura um clube no qual tenha chances de jogar. O Goiás não só se interessou pelo atacante que fez sucesso no rival Vila Nova no ano passado, como se diz próximo de contratá-lo.

Na semana passada, Márcio Goiano, técnico do clube alviverde de Goiânia, disse que estava fechando a contratação de um "atacante rápido vindo de um clube da Série A". O gerente de futebol Kléber Guerra já disse à imprensa goiana que o atleta está contratado.

O Palmeiras, entretanto, ainda nega o acerto. "Há o interesse do Goiás, mas nada além disso. Ainda estamos conversando", confirmou o gerente administrativo de futebol do clube, Sérgio do Prado.

Já o empresário do jogador, Carlos Tróia, diz que não teve contato com o Goiás. Ele confirmou que vários clubes já o procuraram para falar sobre Pardalzinho, mas citou apenas Portuguesa, Vitória e Vila Nova, equipe pela qual o atacante se destacou em 2010. De acordo com Tróia, uma reunião com a diretoria do Palmeiras está marcada para esta terça-feira.

"Vamos conversar com o Palmeiras para saber se o menino terá chance. Não é pressão, mas ele precisa jogar", contou o agente. "O Pardal está muito bem no Palmeiras, é bem tratado por todos e não tem nenhum motivo para reclamar. Mas ele desperta o interesse de outros clubes e quer exercer a profissão, como qualquer outra pessoa".

O atacante de 24 anos tem 90% de seus direitos ligados ao Deportivo Maldonado, clube uruguaio que pertence a um grupo de empresários (os 10% restantes pertencem ao jogador). No início deste ano, assinou um contrato de duas temporadas com a equipe do Palestra Itália, mas disputou apenas cinco partidas e marcou um gol, contra a Ponte Preta, no Paulistão.

Caso a saída seja confirmada, seria de forma definitiva. "O Palmeiras não pode emprestar o jogador, porque ele pertence ao Maldonado. Pode ser que coloque alguma cláusula de preferência no contrato, mas, nesse caso, a lei determina que a saída seja definitiva", acrescentou Carlos Tróia.

Max Pardalzinho era esperado em Goiânia na noite desta segunda-feira. No entanto, o empresário garante que ele participará normalmente do treino desta terça pela manhã. Um possível retorno a Goiás seria bem visto pelo atleta. Ele nasceu em Morrinhos, interior do estado, e foi revelado pelo clube de mesmo nome antes da ida ao Vila Nova. Depois de chegar ao Palmeiras, conseguiu realizar o sonho de comprar uma casa para os pais e o local escolhido foi justamente a cidade natal.

O Palmeiras está na briga com Vasco e Grêmio por Gerley, de 20 anos, do Caxias, eleito o melhor lateral esquerdo do último Campeonato Gaúcho. A diretoria do Verdão estuda o nome do atleta.
"Este jogador foi oferecido ao Palmeiras. Mas não tem nada certo ainda", informou Sérgio do Prado. A diretoria da equipe tenta atender Felipão, que já não confia tanto em Rivaldo e ficará sem Gabriel Silva durante o Mundial sub-20.

Lateral do Caxias é oferecido
O Palmeiras está na briga com Vasco e Grêmio por Gerley, de 20 anos, do Caxias, eleito o melhor lateral esquerdo do último Campeonato Gaúcho. A diretoria do Verdão estuda o nome do atleta.

"Este jogador foi oferecido ao Palmeiras. Mas não tem nada certo ainda", informou Sérgio do Prado. A diretoria da equipe tenta atender Felipão, que já não confia tanto em Rivaldo e ficará sem Gabriel Silva durante o Mundial sub-20.

Leia tudo sobre: goiáspalmeirasbrasileirão 2011série b 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG