Time esmeraldino jogou mal e acabou derrotado pelo Salgueiro por 1 a 0

Os torcedores que compareceram ao Serra Dourada nesta sexta-feira tiveram motivos de sobra para se arrepender de terem saído de suas casas. O Goiás novamente não conseguiu emplacar uma boa atuação e acabou derrotado pelo Salgueiro , por 1 a 0, o que aumentou ainda mais a ameaça do rebaixamento no clube.

AE
Lateral-direito Douglas arrisca jogada individual no duelo contra o Salgueiro
Na zona da degola, o Carcará procurava esboçar uma reação na Série B e conseguiu a vitória graças ao atacante Josi, que fez um belo gol aos 40 minutos do primeiro tempo. Apesar de o Esmeraldino ter acertado duas bolas na trave durante a segunda etapa, os goianos sucumbiram mais uma vez aos próprios erros e saíram de campo derrotados.

Veja a tabela atualizada da Série B

Na próxima rodada, o Salgueiro tentará concretizar sua reação no campeonato diante do Americana, em Pernambuco. Enquanto isso, o Goiás escapará dos protestos de sua torcida e viajará para São Paulo, onde enfrentará a Portuguesa, no Canindé.

O jogo - Com pouca movimentação de ambas as equipes no início do jogo, a primeira grande chance de abrir o placar partiu dos pés do Salgueiro. Aos 24 minutos, o chute da entrada da área de Ricardinho desviou em um defensor do Goiás e obrigou Harlei a se esticar inteiro para impedir que os visitantes saíssem à frente no marcador.

Sem conseguir encaixar boas investidas ao ataque, o Goiás só chegou com perigo aos 39 minutos do primeiro tempo. Como os passes da equipe não encontravam os pés dos atacantes do Esmeraldino, o meia Diniz contou com uma falta na entrada da área para acertar um belo chute, que foi defendido pelo goleiro Luciano.

Um minuto depois, o Salgueiro conseguiu aproveitar a fragilidade defensiva do Goiás e abriu o placar. Josi limpou Marcinho Guerreiro da jogada e chutou de fora da área. O goleiro Harlei estava adiantado e não conseguiu se recuperar a tempo de espalmar a bola, que estufou as redes e provocou a ira da torcida goiana.

Disposto a acabar com os cinco jogos sem vitória na Série B, o Goiás começou o segundo tempo embalado e quase marcou logo aos três minutos. O volante Marcinho Guerreiro se aventurou no ataque e, após um bom cruzamento, acertou a trave de Luciano. Na sequência, o Carcará armou um bom contra-ataque e exigiu que Harlei trabalhasse de novo para evitar o gol dos visitantes.

Marcinho Guerreiro ainda teria mais uma boa oportunidade de marcar aos 15 minutos. O jogador recebeu dentro da área, dominou no peito e chutou, mas a bola bateu caprichosamente no travessão do estático Luciano.

Mesmo atrás do placar e jogando dentro de casa, essa foi a última grande chance dos goianos. Apesar de pressionar o Salgueiro, o Esmeraldino não conseguiu concluir as jogadas com qualidade, o que motivou inclusive os gritos irônicos de Olé , por parte de sua própria torcida, e anulou qualquer reação da equipe na partida.

O vexame do time goiano poderia ter sido ainda pior se não fosse o goleiro Harlei. Aos 43 minutos, Marcinho Guerreiro derrubou Edmar dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Paulo Santos chutou no canto esquerdo e o goleiro pulou bem para espalmar a bola e evitar que o Carcará ampliasse a vantagem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.