Time surpreendeu o Pacaembu, derrotou o Palmeiras de virada por 2 a 1 e garantiu vaga na decisão continental

LDU e Independiente decidem vaga na decisão da Copa Sul-Americana nesta quinta-feira, na Argentina. O resultado do confronto, porém, parece não interessar muito aos jogadores do Goiás, que já estão garantidos na final. Para eles, não importa quem seja o adversário.

"Não podemos escolher. Vamos esperar e trabalhar. Que venha LDU ou que venha Independiente! O professor está nos passando confiança e espero que façamos um grande trabalho para fechar o ano com o título", comentou o atacante Otacílio Neto.

"Time que quer ser campeão não tem que ficar escolhendo adversário. Nós sabemos que, seja quem for o adversário, vai nos trazer dificuldades. Independente de quem vier, temos de passar por eles. Não escolho ninguém", declarou o zagueiro Marcão.

Após derrotarem o Palmeiras em pleno Pacaembu, os goianos revelaram certa mágoa com a desconfiança que pairava sobre a equipe após o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Classificados, eles esperam contar com o apoio de todo o país.

"O Goiás hoje é o Brasil. Essa batalha na final não será contra nenhum clube brasileiro e acho que nós merecemos respeito porque representamos o futebol do país", pediu o técnico Arthur Neto, nos vestiários do Pacaembu.

O pedido do comandante, porém, não será atendido por todos os brasileiros. Os torcedores de Grêmio, Atlético-PR e Botafogo, que ainda brigam pelo quarto lugar no Brasileirão, terão de torcer contra os goianos se quiserem chegar à Libertadores de 2011.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.