Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Goiás bate Ponte Preta com gol no fim e segue fora da degola

Douglas marcou no segundo tempo para decretar a vitória, vencer a vice-líder e fazer a Portuguesa disparar na ponta da Série B

Gazeta |

O Goiás sofreu com o campo pesado e com a forte retaguarda montada pela Ponte Preta na noite desta terça-feira, mas um belo gol de falta do lateral Douglas, aos 36 minutos da segunda etapa, deu ao time esmeraldino a sua primeira vitória no segundo turno da Série B e um bom fôlego na briga contra o rebaixamento.

Com o resultado, os comandados de Enderson Moreira chegam aos 33 pontos conquistados, mesmo número do São Caetano, mas se mantêm fora da zona de rebaixamento por terem três vitórias a mais que os paulistas. A Ponte, por outro lado, permanece com 49 e vê a líder Portuguesa abrir oito pontos de vantagem na liderança.

Na próxima rodada, os goianos seguem dentro de seus domínios, onde recebem o Criciúma, enquanto os campineiros retornam para o Moisés Lucarelli e lá duelam com o Sport Recife.

AE
Times foram atrapalhados pelo grande número de poças d'água desde o começo do jogo

O Jogo
A partida não teve um grande ritmo no primeiro tempo, com os dois times aparentando um pouco de preguiça para tentar se livrar dos sistemas defensivos do adversário. Os lances de perigo foram escassos, atrapalhados pelo grande número de poças d'água que se formaram com a chuva de Goiânia.

A primeira boa oportunidade, no entanto, já fez com que os anfitriões anotassem. Após belo lançamento da defesa, Felipe Amorim dominou com categoria, ganhou do zagueiro e, de canhota, bateu no canto oposto, marcando um belo gol e tirando o zero do placar.

No restante da primeira parte do duelo, apenas passes errados e uma série de tentativas frustadas pelo campo pesado, em uma jornada que dava sono aos presentes no Serra Dourada. Aos 40 minutos, no entanto, a saída do experiente goleiro Harlei, por lesão, acendeu um sinal de alerta nos aficionados.

E esta preocupação foi confirmada logo aos quatro minutos da etapa final. Após falta cometida na lateral da área, o goleiro Pedro Henrique não conseguiu segurar chute despretensioso de João Paulo Silva, atrapalhado pelo grande número de jogadores à sua frente, e acabou tomando o gol de empate.

Desesperado por estar entrando na zona de rebaixamento da competição, o time da casa passou a pressionar incessantemente a Ponte, que não mostrava muitos artifícios para sair do sufoco adversário. Hugo, em duas oportunidades, girou em cima da defesa rival, mas acabou mandando para fora na hora do chute.

Aos 36 minutos, no entanto, veio a redenção para os esmeraldinos. Após falta sofrida por Felipe Amorim na entrada da área, Douglas bateu com perfeição, no ângulo direito do gol defendido por Julio César, e selou o sofrido triunfo.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 2 X 1 PONTE PRETA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 04 de outubro de 2011
Horário: 20h30 (Brasília)
Árbitros: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Albino Andrade Albert Junior (PE) e Alcides Augusto de Lira Junior
Cartões Amarelos: Marcão (Goiás); Guilherme, Renato Cajá, Leandro Silva e Wescley (Ponte)
Gols: GOIÁS: Felipe Amorim, aos 19 do primeiro, e Douglas, aos 36 minutos do segundo tempo
PONTE PRETA: João Paulo Silva, aos quatro minutos do segundo tempo

GOIÁS: Harlei (Pedro Henrique); Douglas, Rafael Toloi, Valmir Lucas e Marcão; Marcinho Guerreiro (Thiaguinho), Thiago, Netinho e Marcelo Costa; Felipe Amorim e Guto (Hugo)
Técnico: Enderson Moreira

PONTE PRETA: Julio César; Patric, Leandro Silva, Wescley e João Paulo; Mancuso, João Paulo Silva, Renato Cajá (Márcio Diogo) e Renatinho; Ricardo Jesus (Lucio Flávio) e Ricardinho (Gerson)
Técnico: Gilson Kleina

Leia tudo sobre: goiásponte pretasérie b 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG