"Eu confio e confio muito e quero que os jogadores tenham confiança. Se eu não confiasse eu nem viria", disse o treinador

O América-MG apresentou nesta terça-feira, o técnico Givanildo Oliveira, que terá a missão de tirar o time da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O treinador chega confiante e espera que os atletas também confiem que é possível tirar o clube da situação ruim em que se encontra. O América-MG é o lanterna da competição nacional com apenas oito pontos conquistado em 13 jogos.

"Eu confio e confio muito e quero que os jogadores tenham confiança. Se eu não confiasse eu nem viria, porque é o meu nome e o do América-MG que estão envolvidos. Eu estava em casa desempregado e aceitei a proposta do clube para lutar pela reação", declarou.

Givanildo Oliveira tem história no time mineiro e foi responsável por dois acessos no comando da equipe. Em 1997, o treinador conquistou a série B, e em 2009, levantou o caneco da série C. O treinador sabe do desafio que terá pela frente, mas destaca que o clube não chegou à elite do futebol nacional à toa e com certeza tem qualidades.

"Venho para o América-MG pelo meu passado no clube. Aqui, fui campeão da Série B e depois conquistei a Série C. O desafio é muito grande, talvez um dos maiores da minha carreira. Mas se o América-MG está na Série A é porque tem um time de qualidade e eu acredito na possibilidade de a gente reverter essa situação", disse.

Otimista, Givanildo quer tirar o time da lanterna do Brasileiro e já sonha inclusive com vaga na sul-americana. "Nossa primeira preocupação é tirar o clube desta situação difícil e, depois, quem sabe, conseguir uma vaga na sul-americana", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.